Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Universo’

Asteroide passa perto da Terra nesta sexta…
Distância de 27 mil km é a menor já registrada para um objeto tão grande.
Especialistas garantem que não há risco de colisão com o planeta.

Ilustração do asteroide 2012 DA14, que passa perto da Terra nesta sexta (15)

(Foto: Nasa/JPL-Caltech)

***

*** Do G1, São Paulo ***

Um asteroide com 45 metros de diâmetro vai passar nesta sexta-feira (15) a apenas 27 mil km da Terra – nunca antes o ser humano identificou a passagem de um objeto tão grande tão próximo da Terra.

A distância pela qual o asteroide 2012 DA14 vai passar é menor do que a de alguns satélites de comunicação. Os chamados satélites geoestacionários ficam a uma altura de cerca de 36 mil km, na órbita da Terra.

A maior aproximação do asteroide será às 17h25 (horário de Brasília). Os melhores pontos do planeta para vê-lo serão o Leste da Europa, a Ásia e a Austrália, onde será madrugada no momento. No entanto, como a distância será muito pequena, a passagem será também muito rápida.

Ilustração do asteroide 2012 DA14 foi registrado pelo astrônomo amador Dave Herald (Foto: Dave Herald/via Nasa)
Ilustração do asteroide 2012 DA14 foi registrado
pelo astrônomo amador Dave Herald
(Foto: Dave Herald/via Nasa)

Na Austrália, aliás, o astrônomo amador Dave Herald já conseguiu fazer um bom registro do corpo celeste. A Nasa, a agência espacial norte-americana, publicou a imagem em seu site oficial nesta quinta.

Apesar da proximidade recorde, os especialistas garantem que não há risco de colisão do asteroide com a Terra. Também não existe risco de colisão com os satélites de comunicação, pois os satélites ficam sobre a linha do equador e o asteroide passará mais próximo do polo Sul.

***

Read Full Post »

***

 Meteorito cai na Russia e deixa 400 Pessoas Feridas

***

***

Publicado em 15/02/2013

Cerca de 400 pessoas ficaram feridas em consequência de um meteorito que atravessou o céu sobre a Rússia nesta sexta-feira (15), lançando bolas de fogo na direção da Terra, quebrando janelas e acionando alarmes de carros.
Moradores que estavam a caminho do trabalho em Chelyabinsk ouviram um barulho que parecia ser de uma explosão, viram uma luz forte e sentiram uma onda de tremor, de acordo com um correspondente da Reuters na cidade industrial, que fica a 1.500 quilômetros de Moscou.

***

Leia e veja mais:

http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2013/02/queda-de-meteorito-deixa-400-feridos-na-russia.html

Read Full Post »

(O Bosque de Berkana – Face)

Read Full Post »

Sobre 21.12.2012

”O Sol isoladamente como qualquer outro astro está sempre alinhado como o centro galáctico (Sol Central = Buraco Negro). O que acontecerá em 21/12/12 é que estarão alinhados O Sol, a Terra e o Centro Galáctico, com a particularidade de que este alinhamento se dará no equador da nossa Via Láctea.
A terra vai estar no mesmo ponto que esteve a ha 225 milhões de anos completando uma órbita completa em relação ao centro galáctico.
Como dizem os Pleiadianos a Festa Cósmica terá o seu início no Solstício de Inverno em 21/12/2012. Será um momento único de energias, marcando o início da era de Luz, ou total imersão no Cinturão de Fótons, esta passagem pelo Cinturão durará 2000 anos.
Espero que evoluamos bastante neste período, o que acredito, visto que passaremos de um planeta de provas e expiações para um planeta de Regeneração.” (Fonte: Claudio Portes)

O ALINHAMENTO PLANETÁRIO que estamos prestes a observar, sentir e participar, acontecerá entre os dias 21 e 23 de dezembro e tera seu ápice entre 11:16 hs e 11:26 hs da manhã do dia 22/12. Nosso planeta Terra, a Lua e o Sol estarão alinhados com Alcyone, a estrela maior, o centro da nossa galáxia, a Via Láctea. Astrologicamente marca um momento especial por tratar-se de um evento que ocorre a cada 25 mil anos e sem dúvida vai se fazer sentir dentro de cada um de nós.
Como diz uma máxima esotérica: “assim como em cima é em baixo”, portanto, aqui na terra também estaremos, cada um de nós, fazendo nosso alinhamento pessoal. PENSAMENTOS, SENTIMENTOS E AÇÕES devem estar em SINTONIA para que passemos por esse momento de forma HARMONIOSA.
Vibremos PAZ, AMOR E LUZ! As energias planetárias se organizam especialmente, nos levando a viver um momento cósmico onde uma extraordinária oportunidade estará disponível, para que muitos possam passar por uma iluminação e passar a vibrar na quinta dimensão. É esperado que milhões de almas se beneficiem desta oportunidade espiritual única. 
Portanto gente, vamos vibrar PAZ, AMOR E LUZ, para que possamos dar esse imenso passo à frente em nossa caminhada espiritual!

A Cultura Galáctica vem em Paz!

(Laura Luz – Face)

Read Full Post »

Cientistas da Universidade da Pensilvânia detectaram, por meio de um telescópio da NASA, o brilho do que parece ser uma anã marrom com temperatura de 30°C. O objeto espacial gira em torno de uma estrela localizada a 63 anos-luz da Terra e tem massa sete vezes maior que a de Júpiter. Com esta massa, ele seria considerado um planeta. Mas os planetas são discos de gás e poeira que permanecem em torno de estrelas recentemente formadas e os cientistas dizem que este corpo, denominado WD 0806-661 B, está muito longe da estrela (quase 2500 vezes a distância da Terra para o Sol), então, chamá-lo de planeta acabou sendo descartado.

O WD 0806-661 B é mais quente que Júpiter, que chega a temperatura de – 149°C, mas mais frio que as anãs marrons conhecidas, é uma incógnita para os pesquisadores.

*********

O SISTEMA SOLAR

MARAVILHOOOOOOSOOOOO!!!

O Sistema Solar 

é constituído pelo Sol e por um conjunto de objetos astronômicos que se ligam ao Sol através da gravidade. Acredita-se que esses corpos tenham sido formados por meio de um colapso de uma nuvem molecular gigante há 4,6 bilhões de anos. Entre os muitos corpos que orbitam ao redor do Sol, a maior parte da massa está contida dentro de oito planetas relativamente solitários, cujas órbitas são quase circulares e se encontram dentro de um disco quase plano, denominado plano da eclíptica. Os quatro menores planetas (MercúrioVênusTerra e Marte) são conhecidos como planetas telúricos ou sólidos, encontram-se mais próximos do Sol e são compostos principalmente de metais e rochas.

(Leia muito mais… http://pt.wikipedia.org/wiki/Sistema_Solar)

*

Read Full Post »

Seres extraterrestres estiveram na Terra na Antiguidade e estabeleceram comunicação com

as sociedades humanas primitivas?

Um dos primeiros a divulgar amplamente a ideia de que podemos ter mantido contato com civilizações

extraterrestres na Antiguidade foi curiosamente um dos mais conhecidos céticos.

No livro “Vida Inteligente no Universo” (1966) o astrônomo Carl Sagan, em colaboração com o

colega  soviético Iosif Shklovsky

dedica um capítulo inteiro para defender seriamente a possibilidade de um contato em eras passadas.

Já então a dupla indicou um possível deus astronauta:
o enigmático personagem da mitologia suméria, Oannes.
Quimera metade peixe, diz a lenda que a criatura surgiu no Golfo Pérsico por volta de 4.000AC
e ensinou várias artes
e ciências aos homens.
Seriam os ecos longínquos do contato com um alienígena benevolente?
*
*
*
Uma pesquisa publicada nesta quinta-feira (8) resolve uma questão que os astrônomos tentavam solucionar havia tempos. A observação feita pela equipe do Observatório Europeu do Sul (ESO, na sigla em inglês), do qual o Brasil faz parte, confirmou uma teoria já existente, e pode servir ainda para aprimorá-la.

O estudo é sobre um fenômeno conhecido como nebulosa planetária que, apesar do nome, não envolve um planeta, de fato. Uma nebulosa planetária é uma concha brilhante de gás situada em torno de anãs-brancas – estrelas do mesmo tipo que o Sol, no último estágio de vida.

Mais especificamente, a nebulosa estudada foi a Fleming 1, conhecida por ter jatos extraordinariamente simétricos, o que é estranho para conjuntos como esse. Os astrônomos nunca haviam chegado a um consenso para explicar esse comportamento atípico.

O grupo liderado por Henri Boffin combinou observações do telescópio VLT e dados anteriores e concluiu que, no centro dessa nebulosa não há apenas uma, mas sim duas estrelas, que giram uma em torno da outra.

Pares como esse são conhecidos como estrelas binárias, e a hipótese já tinha sido apresentada para explicar esse fenômeno. Com a descoberta, os cientistas melhoram a compreensão de como esses conjuntos

se formam no Universo.

“Os nossos resultados confirmam de modo consistente o papel desempenhado pela interação entre pares de estrelas, no sentido de darem forma, ou até formarem, as nebulosas planetárias,”

afirmou Boffin, em material divulgado pelo ESO.
*

Read Full Post »