Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Espiritualidade’

Monge budista é considerado a pessoa mais feliz do mundo

Pesquisadores da Universidade de Wisconsin (EUA) dizem ter encontrado a pessoa mais feliz do mundo. É o monge budista Matthieu Ricard. O ex-pesquisador francês, morador do convento de Katmandu, no Nepal, é hoje um dos confidentes de Dalai Lama.

Os cientistas constataram que o cérebro de Ricard produz um nível de ondas gama nunca antes relatado no campo da neurociência. O estudo teve início em 2009, quando o neurocientista Richard Davidson, conectou 256 sensores no cérebro do monge. Os resultados mostraram uma atividade mais elevada do segmento esquerdo do córtex pré-frontal do cérebro, se comparado ao direito.

Quando Ricard meditou em compaixão, o cérebro dele produziu níveis de ondas gama ligadas à consciência, atenção, aprendizado e memória nunca antes relatados na literatura da neurociência. Graças à meditação, ele tem uma capacidade anormal de sentir felicidade e uma propensão reduzida para gerar emoções negativas.

(Por Charles Nisz/Vi na Internet)

Read Full Post »

Read Full Post »

***

First song : Boards of Canada – Pete Standing Alone

Second song : Yann Tiersen – Comptine d’un autre été (l’après midi) remixed

******************

ESTE,

PARECE

INSENSÍVEL, FRIO, MATEMÁTICO, ROBÓTICO!!!

Affffffff!!!!!!!

Read Full Post »

Read Full Post »

Read Full Post »

Read Full Post »

Mandala (मण्डल)

é a palavra sânscrita que significa círculo, uma representação geométrica da dinâmica relação entre o homem e o cosmo. De fato, toda mandala é a exposição plástica e visual do retorno à unidade pela delimitação de um espaço sagrado e atualização de um tempo divino.

Nas sociedades primitivas, o ciclo cósmico, que tinha a imagem de uma trajetória circular (circunferência), era identificado como o ano. O simbolismo da santidade e eternidade do templo aparece claramente na estrutura mandálica dos santuários de todas as épocas e civilizações. Uma vez que o plano arquitetônico do templo é obra dos deuses e se encontra no centro muito próximo deles, esse lugar sagrado está livre de toda corrupção terrestre. Daí a associação dos templos às montanhas cósmicas e a função que elas exercem de ligação entre a Terra e o Céu. Como exemplo, temos a enorme construção do templo de Borobudur, em Java, na Indonésia. Outros exemplos que podemos citar são as basílicas e catedrais cristãs da Igreja primitiva, concebidas como imitação da de Jerusalém Celeste, representando uma imagem ordenada do cosmos, do mundo.

A mandala como simbolismo do centro do mundo dá forma não apenas as cidades, aos templos e aos palácios reais, mas também a mais modesta habitação humana. A morada das populações primitivas é comumente edificada a partir de um poste central e coloca seus habitantes em contato com os três níveis da existência: inferior, médio e superior. A habitação para ele não é apenas um abrigo, mas a criação do mundo que ele, imitando os gestos divinos, deve manter e renovar. Assim, a mandala representa para o homem o seu abrigo interior onde se permite um reencontro com Deus. Um exemplo bem típico brasileiro de mandala, a partir da arquitetura, é a planta superior da Catedral de Brasília.

(Leia muuuuito mais em http://pt.wikipedia.org/wiki/Mandala)

*

Read Full Post »

Older Posts »