Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 9 de janeiro de 2020

Estágio seria transportado em barca - NASA
Contrails e Chemtrails, o que pensam os cientistas?

Uma pesquisa de opinião descobriu recentemente que 17% dos americanos acredita realmente que o governo está por trás de alguma alteração atmosférica, e a conspiração das chemtrails já foi promovida por celebridades como Kylie Jenner e o finado Prince.

Para esclarecer as chemtrails/contrails, um grupo de cientistas da Universidade da Califórnia em Irvine, do Carnegie Institution for Science e a organização sem fins lucrativos Near Zero resolveu consultar cientistas, para saber se eles sabem de alguma evidência de programas de larga escala que espalham produtos químicos na atmosfera.

O resultado da pesquisa foi publicado na Environmental Research Letters, e aponta que dos 77 cientistas que foram entrevistados, 76 (98,7%) não encontraram evidência nenhuma de produtos químicos sendo pulverizados na atmosfera.
Mas a pesquisa não se limitou a perguntar se eles tinham evidências. As evidências apresentadas pelos proponentes das chemtrails foi apresentada a eles, como a presença de estrôncio, bário e alumínio em amostras de água, neve e solo.

A resposta dos cientistas foi de que existem outros fenômenos podem explicar estas coisas, incluindo “a física e química já bem conhecida associada a contrails de aeronaves e aerossóis atmosféricos.”
Se você é um crente nos chemtrails, você deve estar perguntando “e o cientista que encontrou evidências?” Talvez ele seja um Galileu moderno. Só que não.

O estudo esclarece que “o participante que respondeu ‘sim’ disse que a evidência que ele/ela encontrou era ‘altos níveis de bário atmosférico em uma área remota com ‘baixo’ bário no solo’”.
O cientista em questão simplesmente não eliminou a possibilidade de que alguém tivesse espalhado bário na atmosfera naquela região, o que não significa que seja a explicação mais provável.

Ou como explica o astrônomo Phil Plait, “quando eu não encontro minhas chaves de manhã, eu não posso descartar a possibilidade delas terem sido escondidas por fantasmas de dinossauros. Só que esta possibilidade é bastante improvável”.

“A teoria conspiratória das chemtrails está relacionada com a origem e crescimento da Internet, onde você pode encontrar um monte de sites com promovem este tipo específico de pseudociência” comenta o co-autor do estudo Steven Davis. Ele continua “nossa pesquisa descobriu que a comunidade concorda muito pouco com as afirmações que o governo, os militares, as empresas aéreas e outras estão em conluio em um programa extenso e nefário para envenenar o planeta a partir dos céus.”

https://hypescience.com/chemtrails-cientistas-descobrem/
Essa parte do foguete será transportado por água de sua fábrica em Nova Orleans até o Mississippi - NASA / Jared Lyons
A parte que começou a ser testada é conhecida como “estágio principal”, uma parte central do novo foguete que vai passar por muitos testes no Estado americano do Mississippi. Nesta quarta-feira (08), o foguete começou a ser transportado. Ele foi levado para uma enorme barca que o levará, por água, até seu destino final. O foguete, que será mais alto que um prédio de 30 andares, está sendo construído para a Nasa pela empresa Boeing. Um dos administradores da Nasa, Jim Morhard, compareceu ao transporte do estágio do foguete da fábrica, em Nova Orleans, até a barca…. – Veja mais em https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2020/01/09/como-transportar-um-foguete-as-fotos-que-mostram-a-megaoperacao-na-nasa.htm?cmpid=copiaecola
A missão Artemis, para a Lua, vai usar o foguete SLS - NASA / Danny Nowlin
Ele disse que o foguete é um “empolgante avanço do programa Artemis” e que as equipes envolvidas estão progredindo bem. A construção do foguete, que foi anunciada em 2010, foi afetada por atrasados e estouros de orçamento. Milhões de litros de combustível Alguns críticos dentro da comunidade de exploração espacial acreditam que seria muito melhor lançar missões de exploração do espaço profundo em foguetes comerciais. Mas apoiadores do programa dizem que a Nasa precisa ter capacidade de impulso para lançamentos “pesados” por conta própria. Depois de sair da fábrica, o estágio do foguete foi colocado na barca da Nasa chamada Pegasus e viajou em direção ao Centro Espacial Stennis, … https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2020/01/09/como-transportar-um-foguete-as-fotos-que-mostram-a-megaoperacao-na-nasa.htm
A parte central do foguete foi levada à barca Pégasus para ser transportada - NASA
A parte central do foguete foi levada à barca Pégasus para ser transportada
A principal parte do mega-foguete SLS, que vai possibilitar a próxima missão à Lua e possivelmente a ida à Marte, deixou a fábrica em Nova Orleans e já está sendo testado. O primeiro componente crucial do “mega-foguete” SLS da Nasa começou a ser testado nesta semana. A agência espacial americana vai verificar se o foguete, fabricado em Nova Orleans, está pronto para o lançamento. O nome do foguete, SLS, é uma sigla para Sistema de Lançamento Espacial (Space Launch System, em inglês). Ele é uma parte crucial do programa espacial Artemis, que tem como objetivo levar americanos de volta à Lua até 2024….

https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2020/01/09/como-transportar-um-foguete-as-fotos-que-mostram-a-megaoperacao-na-nasa.htm

Read Full Post »

Read Full Post »

Read Full Post »

Resenha do super lançamento da editora Vide, A falácia socioconstrutivista: por que os alunos brasileiros deixaram de aprender a ler e escrever.

Read Full Post »

Read Full Post »

The Sound of Music 1965 – Salzburg, Austria
A Noviça Rebelde (1965) – Salzburgo, Áustria
Fonte da imagem: Jorge Franganillo

Ver todos os pontos turísticos apresentados neste filme cult pode demorar alguns dias. Há muitos locais para visitar, mas para citar alguns importantes: o Leopold Palace foi usado em todas as cenas do terraço do lago, o Gazebo onde Liesl cantou ’16 going17 ‘está localizado no Hellbrunn Palace e na verdadeira villa von Trapp. Se você gostaria de fazer uma viagem de um dia para fora de Salzburgo, o prado de Werfen, onde ocorre a famosa cena do piquenique, seria uma escolha maravilhosa.
Breakfast at Tiffany’s 1961 – New York City
Bonequinha de Luxo (1961) – New York City
Todo o mundo se lembra da famosa cena de abertura em que Holly Golightly (interpretada pela incrível Audrey Hepburn, é claro) desce de um táxi em um vestido de noite preto e toma seu café da manhã na frente da Tiffany. Você pode experimentar seu próprio momento Audrey Hepburn em suas próximas férias na Grande Maçã. Também é possível visitar o apartamento numa clássica brownstone em que Holly morava, localizado na 169 East 71st Street, Manhattan.
  Lord of the Rings 2001 – Matama, New Zealand
O Senhor dos Anéis (2001) – Matama, Nova Zelândia
Não é segredo que o turismo na região aumentou muito desde a primeira parte da trilogia O Senhor dos Anéis, lançada em 2001, e não é de surpreender, pois a localização é absolutamente deslumbrante. As excursões diárias ao set de filmagens de Hobbiton partem de Matama todos os dias, durante os quais você pode atravessar os buracos do hobbit, até Bag End, e até mesmo tomar uma bebida no Green Dragon.
 Harry Potter 2001 - Glencoe, Scottish Highlands 
Harry Potter (2001) – Glencoe, nas Highlands da Escócia
A série Harry Potter foi filmada em muitos locais diferentes no Reino Unido, mas as Highlands da Escócia estão definitivamente entre as mais impressionantes. Se você embarcar em um trem ou dirigir de Glasgow a Fort William, não deixe de avistar alguns pontos turísticos emblemáticos. Outra grande experiência é pegar o trem a vapor de Fort William para Mallaig. É o próprio trem que levou Harry da Plataforma 9 3/4 até Hogwarts.​
Black Panther 2018 – Busan, South Korea
Pantera Negra (2018) – Busan, Coreia do Sul
Como Wakanda é um país africano fictício, a maior parte do filme de sucesso foi filmado em toda a África, mas a cidade coreana de Busan fez uma aparição memorável durante a cena de perseguição de carros. Atravessa o mercado de peixe Jagalchi, passa por uma ponte para a ilha de Yeongdo e segue mais para o norte até a praia de Gwangalli. Poucos ocidentais estavam familiarizados com esta cidade movimentada, a segunda maior da Coréia, antes de estrelar Pantera Negra.
 Notting Hill 1999 – London
Um Lugar Chamado Notting Hill (1999) – Londres
O colorido bairro de Londres provavelmente não precisa de apresentações. Após o passeio obrigatório pelo Portobello Market (durante o final de semana é quando são negociados produtos de segunda mão e antiguidades), você pode entrar pela porta azul de William Thacker na 280 Westbourne Park Road e, não muito longe, na pequena cafeteria que ele visitou, agora chamada de Coffeebello. Se você sentir vontade de passear fora de Notting Hill, existem muito mais lugares em Londres que aparecem no filme – como o Savoy Hotel no Strand e Kenwood House em Hampstead.
  Jurassic Park 1993 - Kauai, Hawaii
Jurassic Park (1993) – Kauai, Havaí
Faz mais de 20 anos desde que o primeiro Jurassic Park foi lançado e a franquia ainda é um clássico. Existem muitos locais de filmagem que você pode visitar na ilha de Kauai. Em uma das cenas iniciais do primeiro filme, um helicóptero aterrissa à beira de uma cachoeira – essas são as belas cachoeiras de Manawaiopuna que agora são chamadas de cachoeiras do Jurassic Park. Quem não tem medo de uma subida íngreme pode desfrutar da paz da praia isolada de Pilaa. Se você quiser evitar a escalada, a costa de Na Pali é linda. Foi usada como cenário para a ficcional Isla Sorna no Mundo Jurássico.
The Shining 1980 – Stanley Hotel, Colorado
O Iluminado (1980) – Stanley Hotel, Colorado
O intimidante hotel Stanley fica no belo cenário de Estes Park, nas montanhas rochosas do Colorado. Este foi o edifício que inspirou o romance de Stephen King e a arrepiante adaptação cinematográfica que se seguiu. King passou uma noite lá com sua esposa Tabitha em 1972 no quarto 172. Aparentemente, eles eram os únicos hóspedess naquela noite, mas King teve a estranha sensação de que não estava sozinho. Até hoje, os hóspedes relatam que sentiram uma presença assustadora ou que algo não estava bem ‘certo’ enquanto estavam no Stanley. Este é provavelmente o destino perfeito para a época de Halloween.
 Star Wars 1977 – Sahara Desert, Tunisia
Guerra nas Estrelas (1977) –  Deserto do Sahara, Tunisia
O deserto do Saara é o local do planeta Tatooine, na verdade nomeado por causa da cidade tunisiana de Tatouine, localizada nas proximidades. A vastidão sem fim de areia e céu definitivamente dão a sensação de estar em um planeta distante. A cidade mais próxima onde você pode ficar é Tozeur. Não será difícil encontrar uma agência turística lá que ficará feliz em levá-lo em uma excursão de um dia pelo antigo set de filmagem.
Indiana Jones and the Last Crusade 1989 – Petra, Jordan
 Indiana Jones e a Última Cruzada (1989) – Petra, Jordânia
Embora a terceira parte da trilogia de Indiana Jones tenha sido filmada em todo o mundo (Utah, Reino Unido e Turquia), optamos por focar na cidade única de Petra. Localizada a cerca de 3 horas de Amã, a cidade antiga é conhecida por sua arquitetura incrível. As estruturas são esculpidas diretamente nos penhascos naturalmente vermelhos, criando a ilusão de que você entrou em um universo mágico.

https://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=15201

Read Full Post »

Conceição Trucom,
química, escritora e autora do livro “O Poder de Cura da Linhaça”, revela todos os poderes terapêuticos da linhaça.
minimalismo

Aprenda a pronunciar

substantivo masculino
1.
princípio de reduzir ao mínimo o emprego de elementos ou recursos.

2.
ARTES PLÁSTICAS
escola de pintura abstrata que vê num quadro um objeto estruturado, composto basicamente de formas geométricas elementares executadas em estilo impessoal, reduzindo ao mínimo seus elementos.

A palavra minimalismo tem ganhado bastante popularidade recentemente. Muitos tem promovido o minimalismo como um estilo de vida que vale a pena ser seguido.
Eu particularmente achei fantástico esse conceito. Me pegou e já está fazendo parte do meu dia a dia faz um tempo.
Então achei que seria legal escrever sobre isso para deixar claro do que se trata e como podemos nos beneficiar.
Minimalismo é simplificar a vida eliminando os excessos e mantendo apenas o que é essencial.
É um desejo de viver com menos.

1. Menos coisas
O primeiro e mais tradicional aspecto dessa tendência minimalista é a liberação de espaço físico.
A cultura consumista moderna vende a ideia de que uma vida boa é uma vida cheia de coisas. De conquistas materiais. Então as pessoas compram mais e mais.
Então, ao longo da vida vamos acumulando muita coisa. A casa fica cheia de móveis, as prateleiras tomadas de enfeites, as gavetas cheias de cacarecos, os armários cheios de roupa e assim vai.
Só que grande parte delas nem precisamos. Só ficam ocupando espaço. Dão trabalho para guardar e limpar.
A ideia é fazer uma limpeza nisso tudo. Viver apenas com aquilo que é necessário.
Casas minimalistas são marcadas por terem poucos objetos. Poucos móveis, poucos utensílios de cozinha, poucos talheres, poucos pratos, pouco tudo e muito espaço livre disponível.
Mas a forma como se manifesta difere um pouco de pessoa para pessoa.
Não existe uma regra única. Ou seja, não quer dizer que são permitidos apenas uma cadeira, um prato e dois talheres num ambiente minimalista.
O que você elimina e quantidade que fica é decisão sua. Vai depender do que faz sentido para você e para sua vida.
Por exemplo, esses tempos resolvi fazer uma limpeza nos meus livros.
Descobri que tinha muitos livros de temas que não me interessam mais e estavam me tomando espaço importante. Doei mais de 60 livros para a biblioteca da PUC-RS, a universidade em que me formei.
Achei inclusive apostilas antigas da época de faculdade que também dei um sumiço.
Um outro exemplo simples que vejo na minha vida vem de muito antes de existir o conceito de minimalismo.
Me refiro ao fato de não usar mais relógio há anos.
Desde que passei a ter celular que não uso mais relógio. Por quê?
Simplesmente pelo fato que posso ver as horas no celular. O relógio pra mim passou a ser algo redundante que deixou de fazer sentido. Minimalismo nos acessórios.
Um outro caso interessante é de um amigo que recentemente resolveu vender o carro e não repor.
Antes ele e a esposa tinham um carro cada um. Decidiram simplificar e ficaram com apenas um carro para os dois e andando com motorista de aplicativo quando necessário.
Há relatos de minimalistas mais radicais que decidiram, por exemplo, vender a casa, se desfazer das coisas e viver viajando apenas com o que levavam numa mochila nas costas.
Mas isso, obviamente são casos mais extremos e servem mais para ilustrar.
Eliminando aquilo que você não usa e liberando espaço para o que importa no momento já é um belo começo.
O mais importante é entender que o minimalismo advoga pela vida simples, com poucas coisas. O mínimo necessário e importante para nós.

2. Menos atividades
O estilo minimalista não se limita aos objetos materiais. Estamos falando de nos livrarmos de todos os excessos que não trazem diretamente aquilo que você está buscando para sua vida.
Então por exemplo, isso pode significar reduzir a quantidade de atividades que você faz.
Talvez você esteja envolvido em atividades demais sendo que algumas delas nem fazem tanto sentido assim. Pode ser que você esteja lá só porque alguém pediu pra você.
Eliminar o excesso de atividades abrindo mais espaço para baixar o ritmo, respirar e dar mais atenção para o que realmente importa também faz a diferença.
O excesso de atividades pode gerar cansaço demais e redução da efetividade naquilo que se propõe a fazer.
Por isso, é importante se aprender a dizer não para aquilo que não é realmente importante.
Neste aspecto também evolui muito nos últimos tempos na minha vida.
Eliminei muitas atividades que não me agregavam no passado e hoje foco no que é mais importante pra mim.
Meus dias continuam sendo cheios. Mas com menos tempo no que não interessa e mais no que dou mais valor. O trabalho que quero fazer, meu filho e minha família.
Steve Jobs, por exemplo, era minimalista no guarda-roupa. Dizem que tinha diversos conjuntos da mesma roupa no armário. Assim economizava tempo na hora de escolher o que usar.

3. Menos despesas
A abordagem minimalista também pode ser aplicada a questão financeira.
Muitos de nós temos gastos em muitas coisas supérfluas que não fazem uma real diferença.
O minimalismo aplicado às finanças significa eliminar esses gastos que não são tão necessários e se manter apenas com o que é realmente essencial.
Pode ser algo simples como conferir se você está realmente consumindo todo o plano de celular que está pagando.
Isso aconteceu comigo ontem mesmo.
Mudei o meu plano para um mais simples porque não estava consumindo tudo o que o plano oferecia.
Resultado de imagem para pessoa minimalista
Minimalista
Fiquei fã do conceito desde a primeira vez que ouvi falar.
Isso porque de certa forma, sempre adotei esse conceito do minimalismo na minha vida. Mesmo sem saber que existia um nome pra isso.
Ao contrário de outras pessoas que conheço nunca gostei muito de ficar guardando e acumulando coisas antigas.
Fazer uma limpeza e jogar fora tudo que não uso mais sempre me deu muito prazer. Uma sensação de mais leveza.
Também nunca fui um consumista.
O minimalismo é o oposto à cultura do consumismo.
Favorece gastarmos mais em experiências do que em objetos.
Mas o minimalismo na vida não é ter apenas uma camiseta, um par de calças e viver numa sala vazia.

Minimalismo é identificar o que importa pra você e eliminar o resto.
Cortar as sobras que você está tendo que carregar sem necessidade.
Ser minimalista significa simplificar a vida para aquilo que é mais essencial. Verificar o que é mais importante e eliminar o que não for necessário.
O minimalismo é um processo permanente. Você está sempre eliminando o que está sobrando.

A grande vantagem é que libera você. Abre espaço na sua vida.
O significado de minimalista está essencialmente na eliminação dos excessos. É reconhecer que o excesso traz consigo mais trabalho.


Minimalismo é minimizar posses, rejeitar distrações tendo em mente que uma vida mais simples, limpa e direcionada para o que realmente importa favorece muito mais a felicidade.
Para o minimalismo a felicidade não se compra na prateleira de uma loja. Mas sim na possibilidade de estarmos mais envolvidos com o que realmente importa pra nós.
Minimalismo é uma forma de construir liberdade pra si mesmo.
No fim, o menos vai significar mais.


https://www.evolucaopessoal.com.br/o-que-e-minimalismo
Resultado de imagem para ser minimalista
Imagem relacionada
Imagem relacionada
Resultado de imagem para ser minimalista

1.Mantenha bancadas arrumadas
Pode parecer sem sentido, mas uma boa forma de começar é prestar atenção nas bancadas que você tem em casa. Seja a escrivaninha onde você trabalha ou a bancada da cozinha, tente deixar à vista apenas o que você, de fato, precisa. Tudo bem ser maximalista, mas lembre-se que uma forma de tornar o seu ambiente mais funcional é, justamente, cuidando dos lugares que você mais usa. Deixe nessas superfícies apenas o que é indispensável.

2.Tenha móveis neutros
Ok, então você não é minimalista em essência, mas isso não significa que não pode começar a levar alguns elementos mínimos para dentro de casa e trabalhar mais de perto com essa harmonização. Uma ideia é usar móveis neutros na decoração, ou seja, peças que são mais simples e não chamam muita atenção. Dessa forma, você tem uma base neutra para colocar as estampas e cores que gosta e consegue deixar o ambiente menos visualmente poluído, mas ainda com a personalidade que você tanto curte.

3.Combine cores
Já que entramos no assunto cores, mesmo que você ame tons coloridos, agrupá-los juntos é uma maneira de deixar os ambientes mais minimalistas. Por exemplo, agrupar lençóis ou livros de mesma cor passa a impressão de um ambiente mais organizado e harmônico – fora que funciona muito bem em fotos no Instagram!

4.Tudo contra a parede
Ok, talvez você ainda não tenha pensado em se livrar de alguns móveis extras que tem em casa, mas já considerou mudá-los de lugar? Acomodar os móveis contra a parede dá a sensação de que o ambiente é maior e que você tem menos coisas acumuladas no cômodo.

5.Priorize a organização
Se a sua casa tem muitas áreas de organização abertas, como prateleiras ou cristaleiras, armários com portas de vidro, é importante tirar um tempo para pensar qual a melhor forma de organizar e priorizar o que você tem. Por mais que você ainda não passe para a parte de tirar da frente permanentemente o que você sabe que não tem utilidade real, pelo menos as suas coisas ficam mais organizadas e prontas para quando você decidir dar esse passo.  

https://casa.abril.com.br/ambientes/dicas-para-colocar-o-minimalismo-em-pratica-quando-voce-e-maximalista/
Imagem relacionada
O
MAXIMALISMO

na decoração

A decoração de ambientes limpa parece “simples” e “estéril” para você? Seus amigos e familiares já disseram que você é “exagerada” em sua decoração? Pois saiba que você está na vanguarda e brevemente poderá responder para eles: “Eu te disse!”.
Pelas novas tendências de decoração parece que os dias do minimalismo moderno podem estar chegando ao seu final. E quem está tomando o seu lugar? O Maximalismo.

LEIA MAIS… CLIC:

http://lardocelar.blog.br/o-maximalismo-na-decoracao/
Resultado de imagem para pessoa maximalista
Maximalistas

Read Full Post »

Older Posts »