Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 25 de junho de 2019

Read Full Post »

Read Full Post »

Read Full Post »

Resultado de imagem para flores de velório
Resultado de imagem para youtuber Etika
Youtuber Etika
— Foto: Reprodução

O youtuber Etika, que tinha um canal popular sobre games, foi encontrado morto em Nova York, confirmou a polícia nesta terça-feira (25). Ele estava desaparecido desde o dia 19 de junho, depois de publicar um vídeo em que falava sobre problemas de saúde mental.
O corpo de Etika, cujo nome real era Desmond Amofah, de 29 anos, foi encontrado no East River na segunda-feira, e nesta terça a polícia de Nova York confirmou a identidade. A causa da morte não foi confirmada.

Seguidores de Etika acompanhavam a busca por ele desde a publicação do desabafo em vídeo na semana passada. Ele mencionava suicídio e falava sobre a ansiedade e transtornos causados pelas mídias sociais e dizia “Acho que eu estou mentalmente doente”.
Etika também dizia no vídeo: “Espero que minha história ajude a fazer o YouTube um lugar melhor no futuro, em que as pessoas conheçam limites e fronteiras de até onde as coisas podem ir”.

“Deixem que minha história acenda um alerta em toda essa m*rda de redes sociais. Isso pode te ferrar. Pode te dar uma imagem do que você quer para sua vida e isso pode sair totalmente de proporção. Infelizmente, isso me consumiu”, ele disse no vídeo.

. https://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2019/06/25/youtuber-etika-e-encontrado-morto-em-nova-york-apos-publicar-video-sobre-problemas-com-saude-mental.ghtml
Imagem relacionada
Youtuber Etika é encontrado morto em Nova York após publicar vídeo sobre problemas com saúde mental
Youtuber de games que tinha mais de 130 mil seguidores estava desaparecido desde 19 de junho. Ele se dizia ‘mentalmente doente’ e citava transtornos causados por redes sociais.
Resultado de imagem para youtuber Etika
Resultado de imagem para youtuber Etika
AND HE IS GONE…
Resultado de imagem para flores de velório

Read Full Post »

Resultado de imagem para Solange Nunes Folhas
By Solange Nunes

O que a Natureza descarta, ela aproveita para ebelezar a Vida!
Resultado de imagem para Solange Nunes Folhas
By Solange Nunes
Resultado de imagem para susanna bauer folhas crochê
Susanna Bauer
recolhe as folhas caídas no chão e transforma-as em esculturas de croché. É um trabalho minucioso e demorado porque as folhas secas se partem …
Resultado de imagem para susanna bauer folhas crochê
Resultado de imagem para susanna bauer folhas crochê
Resultado de imagem para susanna bauer folhas crochê
Resultado de imagem para susanna bauer folhas crochê
Susanna Bauer
Resultado de imagem para susanna bauer folhas crochê
Resultado de imagem para susanna bauer folhas crochê
Resultado de imagem para susanna bauer folhas crochê
Resultado de imagem para susanna bauer folhas crochê
Resultado de imagem para susanna bauer folhas crochê
Resultado de imagem para susanna bauer folhas crochê
Resultado de imagem para susanna bauer folhas crochê
Resultado de imagem para susanna bauer folhas crochê
Resultado de imagem para susanna bauer folhas crochê
Susanna Bauer: força, fragilidade e delicadeza, espelho das relações humanas
Imagem relacionada
Resultado de imagem para susanna bauer folhas crochê
Resultado de imagem para susanna bauer folhas crochê
Resultado de imagem para susanna bauer folhas crochê
Resultado de imagem para susanna bauer folhas crochê
Google Imagens

MAIS: http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=14240

Read Full Post »

raios-X
Todas as conexões neurais no nosso cérebro isolado
Nossos cérebros consistem principalmente em tecidos adiposos chamados glia, que preenchem o espaço entre as células nervosas chamadas neurônios. Se nos livrássemos de toda a glia do cérebro e mantivéssemos apenas os neurônios, é assim que nossos cérebros se pareceriam. Temos cerca de 86-100 bilhões de neurônios em nosso cérebro, e eles são as células que fazem a maior parte do trabalho em perceber e interagir com o ambiente, controlando também nosso comportamento e funções corporais.
raios-X
Uma mãe e uma criança em uma ressonância magnética
Embora possamos ver claramente seus cérebros, seus rostos e ombros parecem estar embaçados. Isto é porque eles estão se movendo quando a mãe abraça e beija a criança.
raios-X
Atrofia Vermiana induzida por álcool (Esquerda) versus cerebelo de pessoa saudável (Direita)
O Cerebelo é a parte inferior das costas do cérebro, que se parece com um pequeno cérebro separado situado sob os hemisférios. Você pode ver que a pessoa à esquerda tem um cerebelo muito menor do que o da direita, provavelmente como resultado do abuso de álcool.
raios-X
Na imagem abaixo, você pode ver a aorta, o maior vaso sanguíneo no corpo humano (o tubo vermelho).
Você também pode ver os vasos sanguíneos nos rins. Os rins têm muitos vasos sanguíneos porque uma de suas funções é filtrar o sangue.
raios-X
Dentes de 7 anos de idade (imagem superior) versus dentes de adulto (imagem inferior)
Você pode ver não apenas o quanto os dentes da criança são mais saudáveis, mas também comparar como os dentes permanentes e os dentes do siso do Raio-X da criança ainda estão escondidos na mandíbula, enquanto o adulto sofreu algumas extrações dentárias.
a child in mother's womb
Uma criança se movendo no ventre de sua mãe
A criança está situada de costas para a barriga da mãe e você pode até ver a espinha da mãe e o cordão umbilical nesta imagem funcional da ressonância magnética.
raios-X
É assim que um cérebro humano se parece em coma (à esquerda) versus o cérebro de uma pessoa saudável (à direita)
O cérebro da pessoa saudável parece mais contrastado e os giros e sulcos do córtex parecem muito mais pronunciados, porque o cérebro do paciente em coma está inchado e tem fluxo sanguíneo prejudicado.

MAIS:
http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=14235
Resultado de imagem para PARTES DO CORPO HUMANO NO RX
Google Imagens
Resultado de imagem para PARTES DO CORPO HUMANO NO RX

Read Full Post »

Read Full Post »

Resultado de imagem para michael jackson
Resultado de imagem para michael jackson
Jamais vou acreditar na história fantástica e midiática
que tentou difamar o maior gênio musical que tivemos nesse planeta!
Resultado de imagem para michael jackson
Resultado de imagem para michael jackson
Nos dez anos de sua morte, não há acusação que faça Michael Jackson ser menos lucrativo – Jornal O Globo
Resultado de imagem para michael jackson
10 anos sem Michael Jackson: Fãs fazem homenagens ao cantor apesar de escândalo reavivado
Grupos planejam reuniões na Calçada da Fama, ‘baile de zumbis’ em Venice Beach e doações para cerimônia anual de colocação de rosas em Forest Lawn, cemitério onde está o túmulo do rei do pop.
Michael Jackson durante show da turnê "Dangerous", em Bankok, em 1993 — Foto: AP Photo/Jeff Widerner, Arquivo
Michael Jackson durante show da turnê “Dangerous”, em Bankok, em 1993 — Foto: AP Photo/Jeff Widerner, Arquivo

Os fãs de Michael Jackson iniciaram uma série de homenagens ao cantor por ocasião do décimo aniversário da morte do rei do pop, que continua sendo um ímã comercial, apesar das denúncias de abuso sexual infantil de que é alvo.
Na Calçada da Fama de Hollywood, a estrela do cantor continua atraindo uma multidão constante de turistas que fazem selfies, enquanto as lojas de suvenires próximas, os artistas de rua e os estúdios de tatuagens afirmam continuar fazendo bons negócios com a figura de Jackson.
Do outro lado da rua, no Museu Ripley, uma estátua do cantor está estrategicamente colocada para atrair os turistas.
Funcionários do Madame Tussauds também dizem que a estátua de cera de Jackson continua sendo uma grande atração.
documentário da HBO “Leaving Neverland”, lançado no início deste ano, aponta no entanto que Jackson se aproveitou de sua fama para assediar jovens em seu sítio de conto de fadas.
Embora a maioria dos fãs consultados pela AFP estivessem a par do documentário, sua adoração pelo cantor só aumentou.
“Vim aqui só por ele. Não tiro fotos com nenhuma outra estrela”, disse o turista holandês Hooman Nazemi.
Fã posa diante de estrela de Michael Jackson na Calçada da Fama. Local deve receber homenagens ao cantor nesta terça-feira (25) — Foto: Agustin PAULLIER / AFP
Fã posa diante de estrela de Michael Jackson na Calçada da Fama. Local deve receber homenagens ao cantor nesta terça-feira (25) — Foto: Agustin PAULLIER / AFP

“Algumas das coisas que diziam no documentário eram fortes, mas você não pode dizer que 100% seja verdade… simplesmente o amo. E acho que todos o amamos”, afirmou.
Antoine Baynes, de 31 anos, um imitador de Jackson que percorre as ruas de Hollywood Boulevard, coincide em que as acusações não fizeram diminuir o interesse por Jackson – mas o contrário disso.
“Depois de que saiu o especial de HBO, recebi tanta atenção, se não mais, do que antes. Deu a ele certa publicidade”, disse.

18 mil rosas

O documentário da HBO recolhe o testemunho de dois homens que dizem ter sido sexualmente abusados pelo cantor durante anos quando eram menores de idade.
Não foram as primeiras denúncias nesse sentido, mas reavivaram o escândalo, que perseguiu Jackson até sua morte, em 2009, aos 50 anos. Na época, Jackson negou todas as acusações.
Após a exibição do documentário, parentes do cantor apresentaram um processo contra a HBO no valor de US$ 100 milhões por “difamações póstumas”.
Nesta terça-feira (25), dia do aniversário da morte da estrela, fãs de todo o mundo planejam um “MJ Innocent Love Rally” (reunião de amor MJ inocente, em tradução livre) em Hollywood, em frente à sua estrela na Calçada da Fama.
Outros eventos incluem um “baile de zumbis” em Venice Beach e exibição de filmes de homenagem feitos por admiradores.
Aqueles que não puderem comparecer estão convidados a doar dinheiro para a cerimônia anual de colocação de rosas no túmulo de Jackson, no cemitério próximo de Forest Lawn.
Os organizadores da cerimônia comentaram no Twitter que este ano arrecadaram dinheiro para a compra de 18 mil rosas, um recorde.
Também foi criado um site que traz um mosaico com todas as homenagens que forem publicadas nas redes sociais com a hashtag “HonorMJ”.

Homenagens nas redes sociais

No entanto, nas redes sociais se nota um nível baixo de entusiasmo pela comemoração se comparado a anos anteriores. Além disso, a revista Variety informou que as redes de televisão eliminaram de sua programação os programas de homenagem planejados tempos atrás.
De todas as formas, a influência comercial de Jackson continua sendo considerável.
Camisetas, chaveiros e porta-copos com a imagem do cantor permanecem expostos nas lojas para turistas de Hollywood no bulevar, superadas em número apenas pelas imagens de Elvis Presley e Marilyn Monroe.
Apenas uma de uma dúzia dessas lojas visitadas pela AFP havia retirado os suvenires de Jackson de suas estantes, citando uma queda do interesse pela estrela.
Mas para alguns fãs apenas um souvenir não é suficiente.
“Tem gente que pede que façamos a silhueta de Jackson, com seu chapéu, às vezes com sua assinatura”, disse o tatuador John López. “Talvez sejam cinco ou seis por ano, e este ano não é diferente”.

. https://g1.globo.com/pop-arte/musica/noticia/2019/06/25/10-anos-sem-michael-jackson-fas-fazem-homenagens-ao-cantor-apesar-de-escandalo-reavivado.ghtml
Resultado de imagem para MJ
Resultado de imagem para MJ
Resultado de imagem para MJ
Sobrinha de Michael Jackson desmascara Wade Robson
Brandi Jackson concede entrevista para rádio australiana e reage contra o oportunista o Wade Robson


BRANDI JACKSON não é apenas a sobrinha de Michael Jackson, ela foi a namorada de um dos acusadores do ‘‘documentário’’, Wade Robson. A filha de Jackie Jackson concedeu entrevista a rádio australiana KIIS 1065 e falou com os apresentadores Kyle e Jackie para contar o outro lado da história.
Brandi disse que estava “completamente doente” quando ouviu pela primeira vez sobre o testemunho perturbador criado em Leaving Neverland.
“Quando eu estava assistindo, eu fiquei completamente enojada para ser honesta com você”, disse ela.
“As coisas que ele [Wade] diz são ridículas e exageradas. Ele não descreve meu tio. Ele descreve uma pessoa totalmente diferente, mas não meu tio. Tudo o que ele disse sobre o meu tio é o completamente o oposto que está neste documentário’’.
“Michael era o tipo de pessoa que tudo o que ele desejava era paz para as pessoas”, continuou Brandi.
“Ele queria que todo mundo fosse feliz e foi isso que ele realmente fez em vida, espalhando amor e alegria. Se você tivesse a oportunidade de conhecê-lo, você entenderia. Ele era uma pessoa muito sensível e delicada e por isso que tornou fácil ser um alvo. Sendo constantemente atacado e ridicularizado’’

“ELE NÃO É O TIPO DE PESSOA QUE MACHUCARIA QUALQUER UM, ESPECIALMENTE UMA CRIANÇA”

Durante a entrevista, Brandi falou sobre seu relacionamento com Wade Robson, ex-coreógrafo australiano que alegou ter sido abusado por 7 anos.
“Nós nos conhecemos em aproximadamente 91 em alguma sessão de fotos … e meu tio basicamente apresentou Wade. Então foi nessa época, talvez em 91 ou 92, que passávamos mais tempo juntos e ele me pediu para ser a sua namorada.”

“Uma impressão que o documentário mostra é que Wade sempre estava com meu tio. Mas eu posso dizer que a partir do momento em que conheci Wade, isso não é verdade. Meu tio estava sempre viajando e trabalhando. Wade estava em Los Angeles também trabalhando’’
Brandi chamou a atenção para o fato de que Wade já havia testemunhado no tribunal a favor de Jackson e disse que o abuso nunca aconteceu. No documentário, ele afirma que testemunhou porque estava com medo de ir para a cadeia se dissesse a verdade.
“Ele diz que estava com medo de ir para a cadeia? Wade era um homem quando testemunhou pela segunda vez. Se alguém lhe abusou sexualmente aos quatorze anos de idade e você teve a chance de estar no tribunal poderia muito bem colocar esse homem para longe de sua vida, você faria isso’’

Quando perguntado a Brandi qual é a verdadeira motivação de Wade:
‘‘Dinheiro. É puramente motivado por dinheiro. Absolutamente, 100%. É lamentável, mas é verdade. Wade fala abertamente sobre a depressão e o colapso que ele teve. E quando ele fala sobre isso, faz referência a seu trabalho e como é difícil encontrar trabalho. Nesta situação, você acusar Michael de abuso sexual é o caminho mais fácil. É algo que o público irá acreditar e é algo que é simples para ele. É claro que sempre há dois lados de todas as histórias e, em particular, vai ser incrivelmente difícil trabalhar contra a verdade’’


. https://mjbeats.com.br/sobrinha-de-michael-jackson-desmascara-wade-robson-a249c794d1c1
Resultado de imagem para MJ
Resultado de imagem para MJ
Google Imagens Imortais de uma pessoa linda!

Read Full Post »

Élcio Alves/AAN
Seu Santana benze diariamente, por horas a fio, centenas de pessoas que fazem fila na sua casa: ‘Estou me doando, mas não fico cansado. Atendo pessoas de toda a região’

A cura pela fé

No bairro Parque Imperador, seu Santana, como é conhecido Tele de Santana, atende diariamente pessoas que o procuram para uma bênção, sobretudo crianças com quebranto e bronquite, e adultos que pedem cura a males e ajuda para superar problemas pessoais, como desentendimento em família. Nesses casos, além da oração que faz segurando terços, ele conversa e dá conselhos. Num cômodo anexo à casa, recebe um a um, por horas a fio, “socorrendo” a todos que chegam e vão se posicionando em fila. “Estou me doando, mas não fico cansado. Atendo pessoas de toda a região”, orgulha-se. “O que me entristece é quem mora perto e não me conhece achar que faço algum tipo de trabalho. Aqui não tem nada disso”, diz.
 
Do lado de fora, não é difícil ouvir de quem é assíduo sobre a idoneidade e a bondade de seu Santana. Ele percebeu o dom para o benzimento aos 17 anos. “Depois de três viagens para o outro plano, como se eu saísse do meu corpo, comecei a benzer”, revela. Desde então, muitas histórias de ajuda ao próximo se acumulam na vida do funileiro de 69 anos, que defende que, do mal mais corriqueiro até um caso de câncer, o que cura é a fé.

Vivemos em meio ao avanço científico, à evolução da medicina, ao acesso a tratamentos médicos e ao surgimento de novas medicações. Nada disso, porém, faz com que o costume de se benzer fique no passado. O hábito de ir até uma benzedeira para, por meio de uma oração repleta de fé e muitas vezes acompanhada de objetos ritualísticos como terços, copos de água e galhos de ervas, é mantido por muita gente em pleno século 21.
 
Quebranto, mau-olhado, cobreiro, erisipela e bucho virado são alguns dos “males” que levam adultos e crianças até alguém que tem o dom de benzer e, assim, mantêm viva a tradição popular da oração que leva à cura e ao alívio das dores da alma e do corpo. Geralmente, são homens e mulheres comuns, mais velhos, que abrem as portas de suas casas para quem aparece pedindo atendimento e, mesmo sem conhecer, concentram-se apenas em fazer o bem, colocando em prática um dom recebido.
 
Em menores proporções do que existia no passado e sem misturar a prática com religião, alguns benzedores mostram até mesmo aos céticos que, com as rezas, as boas energias e a fé podem levar a um caminho mais tranquilo e até a cura de algum mal. Além dos benzedores tradicionais, que só benzem pessoalmente, existem na cidade os que são procurados por telefone. Basta ligar, dar o nome de quem precisa da oração, principalmente se for criança, e aguardar com fé. Muitos adeptos garantem que funciona.
Carlos Souza Ramos/AAN
As primas Camila Catacci Braga e Patrícia Fontainha, com os filhos Davi e Laura: mantendo uma tradição familiar, sempre que precisam, recorrem à ajuda de dona Irandi

Fazer o bem sem olhar a quem
No Bosque das Palmeiras, Irandi Teixeira Andrade é um exemplo de quem leva a sério a prática do benzimento, tendo várias vezes deixado de lado o prato que acabara de fazer para almoçar para atender a alguma mãe que chega com o filho chorando ou doente. Conhecida como dona Irandi, ela evita usar o termo “benzer”. “Eu faço uma oração”, diz.
 
Há 26 anos, ela recebeu o dom de sua mãe, que no leito de morte, disse para a filha dar continuidade à tradição. Mas dona Irandi não colocou em prática imediatamente. Foi apenas um tempo depois, quando estava internada devido a uma cólica na vesícula, que ela sonhou com a mãe cobrindo-a e, quando se curou, começou a “rezar” para as pessoas que a procuravam. “Acredito que é um dom. Já vi muitas crianças e adultos curados. Tinha até um pediatra que trazia a filha dele aqui”, afirma ela, que é católica e devota de Nossa Senhora Imaculada Conceição. “Me procuram muito para fazer oração para as crianças, mas são os adultos que mais precisam, pois estão mais expostos às energias negativas”, diz.
 
As primas Patrícia Fontainha e Camila Catacci Braga fazem questão de manter viva a tradição que vem dos antepassados e sempre que sentem que algo incomoda os filhos, os levam até a dona Irandi. “O hábito foi passando de geração em geração e nós confiamos muito nela”, comenta Patrícia. “O poder do benzimento está na cabeça de cada pessoa. Se não faz nada, também não faz mal”, defende. Para Camila, é muito grande a força da oração da benzedeira amiga da família. Quando mudou de casa, foi buscá-la e pediu que ela abençoasse sua nova morada, assim como já pode contar com ela certa vez que seu filho estava inquieto, chorando muito e dormindo mal. “Na volta para casa ele já estava mais tranquilo”, revela.
Edu Fortes/AAN
A engenheira civil Vanessa Prendin e filha Maria Eduarda: fé no ritual começou com o avô paterno, que era benzedor

 Um dom divino

A engenheira civil Vanessa Prendin tinha na família um benzedor, o avô paterno. “Ele benzia sapinho, mas minha mãe conta que curou até uma hérnia que meu irmão teve e que, por isso, não precisou fazer cirurgia”, recorda. Devido à familiaridade com o rito, ela sempre buscou o benzimento em situações difíceis. “Quando criança, uma benzedeira me auxiliou a deixar de lado a insegurança que me acompanhou até a quinta série por estar longe dos meus pais na escola e, mais tarde, também foi uma ajuda importante para superar a depressão que se instalou com a separação dos meus pais”, revela.
 
Desde o nascimento de Maria Eduarda, há um ano e meio, ela faz com que o hábito familiar prossiga, levando a filha para benzer quando algo não vai bem. Quando a menina está assustada ou muito chorona, ela já sabe o que fazer. Certa vez, quando a pequena teve “bucho virado” (um mal que “faz a criança cair com frequência, afeta o intestino e deixa as pernas desalinhadas, uma maior que a outra”), ela recorreu ao benzimento e atesta que funcionou. “O rito purifica a criança e é um dom de Deus”, acredita. Quando não consegue ir até a benzedeira, sua escolha é ir até a igreja e pedir ajuda a Deus.
Élcio Alves/AAN
Irandi Teixeira Andrade, benzedeira do Bosque das Palmeiras:
Me procuram muito para fazer oração para as crianças, mas são os adultos que mais precisam, pois estão mais expostos às energias negativas
 
Procurada por famosos

Sentada em uma cadeira de plástico na ampla sala de sua casa, também no Parque Imperador, Onofra Gabriela de Deus, conhecida como dona Benta, recebe pessoas pedindo suas orações às segundas, quartas, sextas e aos sábados. Para atender a todos, ela conta com a ajuda da filha Gorete e da ex-nora Sandra. “Não tem o Pai, o Filho e o Espírito Santo?”, diz, referindo-se à Santíssima Trindade.
 
Rodeado por quadros e porta-retratos de famosos que estiveram ali, como o ex-presidente Lula, o prefeito de Campinas, Jonas Donizetti, e a atleta Fabiana Murer, ela segura as mãos do solicitante e ora em voz alta, acompanhada pela filha que fica em pé ao lado. Quando sente que tem algo errado, seu tom de voz se eleva. “Já chegamos a atender 104 pessoas por dia, mas hoje a média.

http://metropole.rac.com.br/_conteudo/2013/05/capa/leia_mais/60357-o-poder-da-tradicao.html

Read Full Post »

Brigadeiro de queijo com goiabada; chef paraibana adapta receita clássica com ingredientes regionais — Foto: Bárbara Puime/Divulgação
Brigadeiro de queijo com goiabada; chef paraibana adapta receita clássica com ingredientes regionais — Foto: Bárbara Puime/Divulgação
Os doces ficam disponíveis para venda o ano inteiro, mas é no mês de junho que a procura aumenta. Os clientes apostam nos sabores típicos para surpreender convidados de eventos como casamentos, formaturas e aniversários. Os preços dos doces variam de R$ 1,80 a R$ 2,50, e o pedido mínimo é de 50 brigadeiros por encomenda.

Compartilhando o dom

Antes de se dedicar à arte de cozinhar, Bárbara se formou em administração e estudou arquitetura por um tempo. Mas era na cozinha que ela se encontrava e resolveu investir no sonho. “Eu sempre amei fazer isso. Eu pensei que deveria ir atrás do que eu amo fazer. E fui”, contou com orgulho do caminho que traçou.
Brigadeiro de caipirinha é servido com ampola de cachaça, em Campina Grande — Foto: Bárbara Puime/Divulgação
Brigadeiro de caipirinha é servido com ampola de cachaça, em Campina Grande
— Foto: Bárbara Puime/Divulgação

꧁🌷🌷🌷🌷꧂ ꧁🌷🌷🌷🌷꧂ ꧁🌷🌷🌷🌷꧂

Brigadeiros de caipirinha e de milho incrementam cardápio do São João de Campina Grande. Sabores como paçoca, queijo com goiabada, cartola e coco queimado também fazem parte do menu junino.

꧁🌷🌷🌷🌷꧂ ꧁🌷🌷🌷🌷꧂ ꧁🌷🌷🌷🌷꧂
Brigadeiro de milho é feito especialmente para o São João, em Campina Grande — Foto: Bárbara Puime/Divulgação
Brigadeiro de milho é feito especialmente para o São João, em Campina Grande
— Foto: Bárbara Puime/Divulgação

O processo de criação começou há cinco anos com o brigadeiro de milho, mais conhecido como ‘canjica’ por ter o sabor semelhante ao do prato típico. Já a invenção mais recente foi o de caipirinha, que é feito com massa de limão e servido com uma ampola cachaça.
Bárbara explicou que viu a necessidade de adaptar receitas clássicas ao toque regional dos ingredientes nordestinos para atrair a clientela. “Sempre vale a pena investir na novidade e buscar novas experiências para o meu trabalho e para o paladar dos clientes”, justificou.
Brigadeiro de cartola, com banana e canela — Foto: Bárbara Puime/Divulgação
Brigadeiro de cartola, com banana e canela
— Foto: Bárbara Puime/Divulgação

Em Campina Grande, ela não conseguiu se encaixar no mercado profissional com um trabalho fixo, abriu o próprio negócio e decidiu trabalhar com doces. Além de fornecer os brigadeiros, ela ofereceu um curso para ensinar as receitas deles para pessoas que trabalham na área e para outras que, assim como ela, são amantes da cozinha.
Entre o conteúdo ministrado para nove pessoas no último dia 5 de junho, a chef mostrou na prática como produzir as guloseimas. Ao G1, ela revelou um dos seus maiores segredos. Além de investir na qualidade dos produtos, ela capricha na apresentação dos pratos porque acredita que quem prova as delícias que ela faz, começa a ‘comer’ com os olhos.
Chef aposta na apresentação dos pratos para atrais clientes; brigadeiro é feito com coco queimado — Foto: Bárbara Puime/Divulgação
Chef aposta na apresentação dos pratos para atrair clientes;
brigadeiro é feito com coco queimado

— Foto: Bárbara Puime/Divulgação

. https://g1.globo.com/pb/paraiba/sao-joao/2019/noticia/2019/06/24/brigadeiros-de-caipirinha-e-de-milho-incrementam-cardapio-do-sao-joao-de-campina-grande.ghtml

Read Full Post »

Older Posts »