Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 9 de junho de 2019

A.doooooo.rooooo!!!

Anúncios

Read Full Post »

Resultado de imagem para Atibaia nos Jogos Regionais do Idoso – JORI
Atibaia marca presença em mais uma edição dos Jogos Regionais do Idoso
Resultado de imagem para Atibaia nos Jogos Regionais do Idoso – JORI
Atibaia terá maior delegação de sua história nos Jogos Regionais do Idoso em 2019
Resultado de imagem para Atibaia nos Jogos Regionais do Idoso – JORI
Resultado de imagem para Atibaia nos Jogos Regionais do Idoso – JORI
Atibaia terminou o torneio na 4ª colocação, com 72 pontos no total, participando com 98 atletas e 17 membros da comissão técnica: um chefe de delegação, …
Resultado de imagem para Atibaia nos Jogos Regionais do Idoso – JORI
Resultado de imagem para Atibaia nos Jogos Regionais do Idoso – JORI
A melhor participação da história de Atibaia nos Jogos Regionais do Idoso – JORI, com um inédito quarto lugar no quadro geral, e a maior delegação da história de Atibaia na competição. Essa foi a performance do município na 23ª edição do torneio, realizado em São João da Boa Vista-SP de 14 a 19 de maio, pela 4ª Região Esportiva do Estado.
Segundo a Secretaria de Esportes e Lazer de Atibaia, o município obteve uma importante evolução em modalidades consideradas de alta exigência, como atletismo, natação, tênis e vôlei adaptado, modalidade em que Atibaia também conquistou um dos melhores desempenhos de sua história, alcançando as quartas-de-final em todas as categorias no feminino e no masculino, além da melhor colocação do vôlei 60+ masculino em todo o seu histórico de participações.

Atibaia terminou o torneio na 4ª colocação, com 72 pontos no total, participando com 98 atletas e 17 membros da comissão técnica: um chefe de delegação, uma gestora administrativa, quatro técnicos, um coreógrafo, três monitoras, uma enfermeira, um coordenador de logística e cinco motoristas, em um total de 115 integrantes. Com relação à faixa etária dos atletas, 43 tinham de 60 a 69 anos; 37 de 70 a 79 anos; e 18 de 80 a 89 anos.

Novamente a Prefeitura da Estância de Atibaia, por meio das secretarias de Esportes e Lazer, de Saúde e de Assistência e Desenvolvimento Social; da Coordenadoria Especial do Idoso; do Conselho Municipal do Idoso; e do Fundo Social de Solidariedade ofereceu apoio aos atletas do município, com profissionais de diversas áreas, suporte logístico, acomodação em hotel e entrega das camisetas utilizadas durante a competição.
“Parabéns a todos os atletas da terceira idade de Atibaia pela bela performance no JORI 2019. Nossa Região Esportiva é uma das mais difíceis tecnicamente, pois disputamos contra cidades que têm duas, três ou mais vezes o tamanho de Atibaia, o que torna os resultados alcançados ainda mais expressivos”, enalteceu o prefeito da Estância de Atibaia, Saulo Pedroso de Souza, durante cerimônia em homenagem aos atletas realizada no auditório do Fórum Cidadania.

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Simone Cardoso, prestigiou a cerimônia de abertura do torneio ao lado da secretária de Assistência e Desenvolvimento Social e coordenadora do Idoso de Atibaia, Magali Basile, e do secretário de Esportes e Lazer, Prof. Fabiano de Lima. “Que emoção participar, mais uma vez, da abertura do JORI, acompanhando a contagiante delegação de Atibaia no torneio”, disse na ocasião. “Parabéns à terceira idade de Atibaia pelo exemplo de superação e energia”, ressaltou.
A competição em São João da Boa Vista-SP foi uma de oito etapas regionais classificatórias dos JORI 2019. Anualmente, oito cidades recebem os jogos, representando as oito Regiões Esportivas do Estado, e um último município sedia a grande final estadual, prevista para o mês de novembro deste ano, em Jundiaí-SP.

Modalidades e colocações alcançadas:

Atletismo Feminino – 2º lugar geral
Elizabeti Yoshimi Y. Ikemori – 1º – 65-69 – ouro
Bernardete da Silva Vera – 2º – 65-69 – prata
Kinue Monma – 5º – 70-74
Judite Filipe Moraes – 6º – 70-74
Luiza da Silva Vasconcelos – 2º – 75-79 – prata
Maria Margarida Costa – 2º – 80-84 – prata
Wilma Gaiza do Amaral – 4º – 80-84
Atletismo Masculino – 9º lugar geral
Darcy Aparecido Bernardo – 10º – 60-64
Masao Morihiro – 1º – 85-89 – ouro

Buraco Misto – 8º lugar geral
Luiz Roberto Gouvêa de Oliveira e Paulo Burgato de Mendonça

Coreografia Misto – 2º lugar geral
Eliana Loseviciane, Jeannette Dora Farias, Kinue Monma, Laurinda de Souza Oliveira, Leonora de Lima Garcia, Margarida de Fátima Ferraz do Amaral, Marli Aparecida Pedroso, Neuza da Silva Leite Urbinati, Suely de Lourdes Arruda, Telma Rita Pascoal Regis de Souza e Tereza Lopes Melo – prata

Dança de Salão Misto – 1º lugar geral – 80+
Blasius Hermann Heinz Zinsmeiter e Zulma Alves Teixeira – ouro

Natação Feminino – 4º lugar geral
Elizabeti Yoshimi Y. Ikemori – 4º (crawl) – 65-69
Conceição Esperança Nunes – 5º (crawl) – 75-79
Rosmari Cordelli Rodrigues – 6º (crawl) – 75-79
Marlene Garcia Latini – 1º (crawl) – 80-84 – ouro
Maura Bispo Giannoni – 2º (crawl) – 80-84 – prata
Elizabeti Yoshimi Ikemori – 7º (costas) – 65-69
Rosmari Cordelli Rodrigues – 4º (costas) – 75-79

Natação Masculino – 6º lugar geral
Luiz Roberto Cabral Ferraz – 1º (costas) – 65-69 – ouro
Airton Garcia Rodrigues – 4º (costas) – 75-79
Luiz Roberto Cabral Ferraz – 3º (crawl) – 65-69 – bronze
Luiz Shintate – 5º (crawl) – 70-74
Airton Garcia Rodrigues – 4º (crawl) – 80-84
Tênis Dupla Feminino – 4º lugar geral
Neusa Haeser e Luce Lea Moura Pereira – 60-69

Tênis Dupla Masculino
Pedro Luiz de Bruin e Eloi Luiz Haeser – 5º geral – 60-69
João Batista Pereira e Celso Ziroldo Jr – 2º geral – 70+ – prata

Tênis de Mesa Feminino
Marina Inoue – 3º lugar geral – 60-69 – bronze
Yuriko Takahashi – 2º lugar geral – 70+ – prata

Vôlei Adaptado Feminino A – 7º lugar geral – 60-69
Ângela Galeb, Augusta E. Lopes, Bernardete Vera, Cecília Y. Tateyama, Elza Kitahara, Ivani V. Gallardo, Márcia R. Avancini Bernardes, Noriko Ushimura, Rita de Cássia Tartuce, Rosângela A. Tavares, Vera Cepkauskas e Zandra Paiva

Vôlei Adaptado Feminino B – 6º lugar geral – 70+
Akie Saruhashi, Benedita S. da Silva, Dilza Júlio P. da Cruz, Elizabeti P. Bilha, Felícia S. Salum, Kazuko Y. Nakazone, Leontina L. Bertachine, Lourdes A. Chignoli, Margarida C. Cassilha, Maria de Paula e Iara Damiane

Vôlei Adaptado Masculino A – 7º lugar – 60-69
Canísio Schuh, Carlos Canela, Carlos Roberto L. Serra, Domingos S. Fagundes, Ismar L. Colen, Jair Pinheiro, José F. Rodrigues, José Nivaldo, Manuel Antônio M. da Costa, Sérgio de Gouvêa e Wagner Ochsendor

Vôlei Adaptado Masculino B – 5º lugar – 70+
Antônio Carlos A, Carvalho, Antônio Siqueira Fº, Idair Chies, João A. de Sylos, José Galvão Amaral, Manuel G. Cabello, Manuel Lino Liberal, Noriyuki Maezono, Paulo Edson Ferreira e Renato B. Sozzi

https://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/especial-publicitario/prefeitura-de-atibaia/mais-atibaia/noticia/2019/06/09/atibaia-tem-a-melhor-participacao-de-sua-historia-nos-jogos-regionais-do-idoso-em-2019.ghtml
Resultado de imagem para Atibaia nos Jogos Regionais do Idoso – JORI
Resultado de imagem para Atibaia nos Jogos Regionais do Idoso – JORI
A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Simone Cardoso, desejou sucesso aos atletas de Atibaia e enalteceu a alegria de todos.
Resultado de imagem para Atibaia nos Jogos Regionais do Idoso – JORI
Resultado de imagem para Atibaia nos Jogos Regionais do Idoso – JORI
Google Imagens

Read Full Post »

os aviões e helicópteros mais poderosos do mundo
os aviões e helicópteros mais poderosos do mundo
os aviões e helicópteros mais poderosos do mundo
os aviões e helicópteros mais poderosos do mundo
os aviões e helicópteros mais poderosos do mundo
os aviões e helicópteros mais poderosos do mundo
os aviões e helicópteros mais poderosos do mundo
os aviões e helicópteros mais poderosos do mundo
os aviões e helicópteros mais poderosos do mundo
os aviões e helicópteros mais poderosos do mundo
os aviões e helicópteros mais poderosos do mundo
os aviões e helicópteros mais poderosos do mundo
os aviões e helicópteros mais poderosos do mundo
os aviões e helicópteros mais poderosos do mundo
os aviões e helicópteros mais poderosos do mundo
os aviões e helicópteros mais poderosos do mundo
Trata-se da cabine de pilotagem do Apollo 14. Este módulo lunar foi retratado na superfície da Lua em 1971. Foi o terceiro pouso lunar feito como parte do programa Apollo.

VEJA MAIS: http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=8639

Read Full Post »

Resultado de imagem para wordpress
WordPress é um sistema livre e aberto de gestão de conteúdo para internet, baseado em PHP com banco de dados MySQL, executado em um servidor interpretador, voltado principalmente para a criação de páginas eletrônicas e blogs online. Wikipédia

Gravado emPHP
Data de lançamento: 27 de maio de 2003

💞🍀🌹🍀🌿🍂🌺¸¸.•💞💞🍀🌹🍀🌿🍂🌺¸¸.•💞
Resultado de imagem para wordpress
keep my posts centralized. The one-sided writing is far from aesthetic. Please … before they were all centralized … now, I centralize, but when it appears edited it is always on the left side of the video.

It’s possible? Thank you, from my heart!

💞🍀🌹🍀🌿🍂🌺¸¸.•💞💞🍀🌹🍀🌿🍂🌺¸¸.•💞💞🍀🌹🍀🌿🍂🌺¸¸.•💞💞🍀🌹🍀🌿🍂🌺¸¸.•💞
Resultado de imagem para coração triste

Read Full Post »

DE FATO… PRECISAMOS NOS TOCAR SOBRE ISSO.
JÁ NÃO TENHO TV HÁ MAIS DE 10 ANOS E, SE GANHASSE UMA, VENDERIA, DOARIA… NÃO QUERO MESMO!

Read Full Post »

PRANA


💞🍀🌹🍀🌿🍂🌺¸¸.•💞💞🍀🌹🍀🌿🍂🌺¸¸.•💞💞🍀🌹🍀🌿🍂🌺¸¸.•💞💞🍀🌹🍀🌿🍂🌺¸¸.•💞

O Lado Escuro do Viver de Luz
por Prof. Paulo Cristiano da Silva – sáb set 08, 6:54 pm
Comentários
14915 views
Prof. Paulo Cristiano da Silva

Mais uma vez, sentimos a responsabilidade de esclarecer os leitores (não somente os evangélicos, mas o público em geral) sobre o controvertido movimento Viver de luz, daqui para frente VL. Desde que publicamos com exclusividade a matéria “Viver de luz: quando passar fome é uma virtude” (Defesa da Fé, abril de 2002), não paramos de receber e-mails de pessoas dando suas opiniões sobre a polêmica. Desta vez, queremos enfocar o assunto sob o ponto de vista puramente religioso. Queremos mostrar as raízes espirituais do VL e o antagonismo entre a Bíblia e as suas crendices, entre a sua ideologia e os ensinamentos do cristianismo.
No decorrer desta matéria faremos várias citações extraídas do site oficial da seita:
http://www.vivendodaluz.com/PT/articles/jas/lol_update_2001.html. Isso porque a Internet tem sido uma ferramenta importantíssima para o movimento e as pessoas estão sendo seduzidas pelas informações contidas nesse site, como bem atesta o jornal A Folha On-line, de 01/11/2001 (http://www1.uol.com.br/folha/equilibrio/saude/ult560u142.shtml) sobre o depoimento de um telespectador: “Depois de assistir à entrevista sobre o assunto” diz o jornalista, “Fabiano começou a buscar informações no site da escritora (Jasmuheen) …”. “As coisas faziam sentido. Comecei com tentativas, com jejuns de 18 horas”. O site alega receber milhares de visitas por dia, imaginem quantas pessoas poderão ser prejudicadas ao tentarem praticar essa maneira de vida! As conseqüências poderão ser terríveis! O próprio site do movimento fala de várias pessoas que já morreram. Vejam:”Em 1996, um pouco antes deste livro (Viver de luz) ser publicado em alemão, um jovem entrou em coma durante o processo, foi internado, retomou a consciência e estava em recuperação quando teve uma crise convulsiva, caiu e bateu com a cabeça na cabeceira da cama, vindo a falecer…”.”Dois anos depois, uma australiana recusou-se a suspender a iniciação mesmo tendo seu cuidador a aconselhado neste sentido. Ela também entrou em coma e foi internada por sua família. Os médicos então diagnosticaram danos internos por desidratação e outros problemas. Ela também faleceu. Seu cuidador e sua esposa foram posteriormente presos por negligência”.”No final de 1999, uma outra australiana, que vivia na Escócia, morreu por ter decidido ignorar as orientações deste livro, parou de comer e de beber, viajou por alguns dias e acabou sucumbindo por exaustão e morrendo por exposição às intempéries”.
A origem do movimento
A mentora e idealizadora desse movimento é a escritora australiana Jasmuheen, autora do livro Viver de luz. Mas, ao que parece, o movimento ganhou força no Brasil após Evelyn Levy Torrence ter sido entrevistada em um programa de televisão. Ela provocou polêmica ao afirmar que estava há dois anos sem comer, somente vivendo da luz e do ar.Usando frases polêmicas, como: “pode-se viver eternamente sem comer”, “comida é veneno”, “Jesus ensinou abster-se de comida”, “não vou morrer de velhice nem de doença”, entre outras semelhantes, ela conseguiu despertar o interesse da mídia e transformou o movimento na sensação esotérica do momento.

Um movimento religioso?
Sim, o Viver de luz é um movimento religioso, embora seus adeptos sustentem o contrário. Afirmam que não precisam de igrejas, religião, cerimônias ou rituais para se ligarem a Deus, mas realizam conferências por todo o país sob o pretexto de despertarem a consciência divina de cada um. Diante disso, podemos depreender que, de certa forma, possuem reuniões ou uma espécie de culto.
As terminologias empregadas pelo VL são tipicamente religiosas: “orar”, “ser espiritual”, “Deus”, “pecado”, “alma” e “anjos”. Tais expressões são usadas largamente nos escritos de Jasmuheen.Conforme é admitido pelo movimento, o objetivo de ficar sem comer é, em última análise, uma questão espiritual: “A purificação e a desintoxicação do corpo permite que o físico alcance uma vibração energética muito mais fluida, deixando, com isso, o espírito livre […] A não alimentação provoca um poder espiritual mais ativo […] O ser espiritual trabalha no campo invisível […] realiza viagens astrais…”. E finaliza: “Sentir e entender o que é o espírito […] esse é o objetivo principal em limpar a matéria”.Como podemos facilmente julgar, trata-se de um movimento religioso, porém, não devemos entender o termo da maneira como é convencionalmente conhecido. Esse movimento é fruto do fenômeno religioso dos séculos XX e XXI. É mais um dos novos movimentos religiosos que trazem consigo as idéias ecléticas da Nova Era. Indubitavelmente, as raízes, tanto ideológicas quanto religiosas, do VL estão fincadas no fenômeno New Age. A Nova Era é um movimento não definido, sem origem, sem estrutura hierárquica ou credos, não possui uma estrutura física, é, antes, “uma idéia” que liga indivíduos mediante sua visão do mundo, baseada no misticismo e no ocultismo oriental. Seu intuito é trazer uma era de paz e harmonia, a chamada “Era de aquários” ou “Era aquariana”.

Podemos sintetizar as idéias centrais da Nova Era basicamente assim:
1) Monismo. Segundo esta doutrina filosófica, o micro e o macrocosmos constituem-se em uma unidade inseparável. Partindo desse pressuposto, os “novaerenses” querem fazer uma revolução em tudo: religião, saúde, educação, ecologia etc. Pois, afinal, tudo tem de ser visto sob um mesmo prisma, qual seja, a unidade física e espiritual.
2) Panteísmo. Tudo é Deus e Deus é tudo. Em outras palavras, somos deuses, somos divinos, pois somos parte de Deus e Deus é parte de nós.
3) Antropocentrismo. O homem possui um EU interior, uma energia que o capacita a resolver todos os problemas da vida e do planeta, o qual precisa estar consciente pela “iluminação interior”. Neste EU, Deus pode ser encontrado.
4) Sincretismo. Todas as religiões são uma em essência e todas levam a Deus. A ênfase é dada à doutrina da reencarnação e a guias espirituais.Esses conceitos estão sendo refletidos nas áreas de saúde, nas chamadas terapias alternativas (florais de Bach, iridologia, musicoterapia, entre outras), na psicologia, (psicologia transpessoal, parapsicologia), na ecologia, nos movimentos pacifistas, na religião e na política.O VL sai do mesmo molde, tanto a antropologia religiosa como a sua cosmovisão holística refletem os mesmos conceitos, não apresentando quase nada de novo em seu bojo sincretista, a não ser, é claro, a inovadora opção de &qVoltando o filme
Veja de onde Evelyn extraiu esses ensinamentos. Diz ela: “De muitos estudos, de muitas experiências, muitos livros, muitos testes, muitas pesquisas”. Quem foi que deu o impulso final? “A australiana Jusmaheen foi a grande impulsora de nossa decisão em realizar o processo dos vinte e um dias”. No que consiste o estágio dos 21 dias? “A maioria dos que fizeram esse processo diz que nesta primeira semana o espírito deixa o corpo do iniciado que fica apenas com a máquina física funcionando […] supervisionado por anjos e mestres astrais”.
Então, há algo de espiritual neste processo?
“Jasmuheen, depois de pesquisar e estudar a influência dos alimentos na vida humana, recebeu a autorização espiritual para ensinar às pessoas mais conscientes como se reconectar com seu Eu superior por uma reprogramação física, energética, mental e espiritual”.
Qual é a editora responsável pelos livros?
“Os livros de Jusmaheen são da editora Aquariana (Nova Era) em São Paulo”.Mas isso é simplista demais. Para entendermos sua busca por tais ensinamentos, teremos de entender suas experiências pregressas. Ao que tudo indica, Evelyn era uma criança espiritual e emocionalmente perturbada. Segundo ela afirma, “vivia apavorada por muitos anos, apavorada mesmo. Tinha visões internas claríssimas de minhas mortes […] me via sendo queimada e podia sentir a dor do fogo em meu corpo, acordava chorando”.E não pára por aí. Ela afirma também que gostava de chamar a atenção quando criança (e ainda continua). Então, entram em cena os espíritos. Daí em diante, as visões e as comunicações com tais espíritos tornaram-se constantes em sua vida. Veja como ela se reporta a essas experiências: “Com mais ou menos sete anos, comecei a ver e ouvir coisas”. Foi então que resolveu estudar literatura mística e ocultista: “Impulsionada por este medo, decidi estudar TUDO o que pude encontrar disponível sobre espiritismo, kardecismo, esoterismo, misticismo, etzismo, espiritualismo, budismo, cristianismo, catolicismo, judaísmo”.

Quem, afinal, orientava esta decisão de Evelyn?
“Recolhia as informações terráqueas e dissertava com meus mestres”.Sua vida daí para frente parece ter sido um inferno, como é explicitado no site:
“Quase morri por três vezes, duas por assalto e uma por acidente automobilístico, quase perdi a filha por complicação no parto, e outra vez na Chapada Diamantina, onde fiquei perdida na floresta”. E pensa que ela parou? “Continuei estudando, estudando, estudando, Saint Germam, Jesus Cristo, Apollonius, Buda, Osiris, Isis […] Os mestres me ouviam, me mostravam, me contavam e eu lia e lia e lia”. Para achar solução para seus problemas, os espíritos aconselharam-na a buscar um índio feiticeiro chamado Don Juan, com quem estudou, segundo diz, por doze anos. Finalmente, após Evelyn ter passado por muito aprendizado ocultista, ela se considera uma mensageira e afirma: “Eu e o Steve (esposo de Evelyn) não somos donos dessas informações, somos apenas mensageiros desses ensinamentos milenares”.E qual seria sua missão?Ela responde: “Todos nós estamos tendo supervisão direta nesta missão de abrir a consciência”.

Considerações sobre as experiências de Evelyn
O que temos visto na vida de Evelyn é o mesmo filme que se repete na vida de milhares de pessoas por todo o mundo que se envolvem com espíritos. É o mesmo ciclo: contato com espíritos que gera desastre na família, na saúde, na vida financeira, que gera novamente promessas de alívio por parte dos espíritos. É claro que os demônios não deixarão a pessoa em paz. Temos visto milhares de pessoas em nossas igrejas que outrora apresentavam os mesmos sintomas espirituais que Evelyn e hoje estão libertas pelo poder de Deus. O diabo escraviza as pessoas sob o controle dos espíritos até que sejam completamente libertas pela verdade da Palavra de Deus. Já vimos que o VL é um movimento da Nova Era. Expressões como: “Porque não somos animais! Somos divinos”, “Somos parte do UNO”, “Acredite em seu EU superior”, “O prana ajuda a despertar o Cristo em você, tornando-o divino e parte ativa da célula de Deus”, “temos poder suficiente para salvar o nosso planeta”, “vamos conseguir recuperar a vida de todos em tempo hábil”, entre outras, são típicas, como já dissemos, da Nova Era. E, assim como a maioria dos movimentos orientais, o VL usa a Bíblia como pretexto para obter a credibilidade dos ocidentais.

Evelyn, Adão e Eva
Evelyn, apesar de não crer na Bíblia, pois a taxa de “livro adulterado”, quando vai explicar suas teorias volta-se para a “velha” e “adulterada” Bíblia. No site, ela chega a insinuar que Adão e Eva não possuíam estômagos adaptados para comer. E não pára por aí. Diz ainda que Adão comeu uma maça, que Eva forçou sua criança a comer e que seu leite despertou uma glândula que foi a causa de ela se adaptar à alimentação. O disparate é tamanho que não carece refutação pormenorizada. É um verdadeiro absurdo!A Bíblia é tão clara no pormenor de Adão e Eva que basta uma leitura superficial para que as invencionices de Evelyn caiam por terra. Mas o irônico de tudo é que o relato de Gênesis, o qual ela quer se apoiar, é uma verdadeira refutação às suas crendices, pois todas as promessas que a Nova Era oferece aos seus adeptos ocasionaram a queda espiritual do primeiro casal. Vejamos:O diabo, personificado na serpente, colocou em dúvida a Palavra de Deus, e prometeu:1) Iluminação espiritual interior e liberdade: “Se abrirão os vossos olhos” (Gn 3.5).2) Imortalidade: “Certamente não morrereis” (Gn 3.4).3) Divindade: “Sereis como Deus” (Gn 3.5).4) Sabedoria irrestrita: “Sabendo o bem e o mal” (Gn 3.5).Todavia, para decepção de todos, nada disso se concretizou. Muito pelo contrário, suas vidas ficaram sob maldição, dominadas pelo pecado.

Não são exatamente estas as promessas da Nova Era?
Evelyn e Jesus

Diz ela que Jesus ensinou a “não alimentação”. Quanto a essa afirmação, vejamos o que diz Evelyn: “… e quando alguém tenta purificar o organismo seguindo o exemplo de Cristo, Buda e todos os demais santos…”. Observação: purificar o organismo, segundo ela, é deixar de se alimentar.Para corroborar com esse devaneio, ela apela para Jesus e o jejum, tornando-se contraditória, pois, após o jejum de 40 dias, Jesus realmente teve fome. Ele não ignorou essa necessidade fisiológica que temos. Ao contrário. Evelyn em palestra na Polônia
Diz a Bíblia que Jesus foi servido pelos anjos (Mt 4.11). Jesus chegou a ser chamado de glutão (Mt 11.19) e, certamente, se Ele vivesse de luz e ar não teria acrescentado aquele pormenor na célebre oração do Pai Nosso, qual seja, “o pão nosso de cada dia nos dai hoje”.Quanto ao jejum, Jesus jamais quis ensinar, com isso, a não alimentação. Ele sabia que o homem precisava comer, pois, ao lidar com as necessidades básicas do dia-a-dia (comer, beber, vestir) não disse que Deus era contra ou que os homens não precisariam mais comer ou beber. Antes, disse: “De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas elas […] e todas essas coisas vos serão acrescentadas” (Mt 6.32-33).

Alicerces firmados sobre o ocultismo e o misticismo
Esta abordagem sobre o tema Viver de luz é bem sucinta, mas cremos ser suficiente para perceber que esse movimento é mais do que uma mera opção de vida, mais do que uma filosofia. Em verdade, é uma religião, ou melhor, uma seita. Os alicerces dos ensinamentos do VL estão firmados sobre o ocultismo e o misticismo. Está no mundo dos espíritos, dos guias, dos mestres astrais.A pessoa que ingenuamente pratica os ensinamentos do VL pensando tratar-se de mais uma questão de estética que visa qualidade de vida está muito enganada. Está, sim, lidando com demônios disfarçados de “anjos de luz” (2Co 11.14)

http://www.cacp.org.br/o-lado-escuro-do-viver-de-luz/

DISCORDO QUE O VIVER DE LUZ FOI OU É UMA SEITA. Isso não existe! Estudei numa sala virtual administrada pela Evelyn Torrence onde, todos nós que passávamos a madrugada fazendo perguntas a ela, éramos respondidos e muitos de nós fez o viver de luz em alguma medida. Uns conseguiram, outros não. O que descobri – de fato – quanto tive muuuita cãibra nos pés – após 7 dias sem comer e sem beber nada – ela me disse que “- eu não estava fazendo o viver de luz com um sentimento verdadeiro e, por isso, não estava dando certo”.

💞🍀🌹🍀🌿🍂🌺¸¸.•💞💞🍀🌹🍀🌿🍂🌺¸¸.•💞💞🍀🌹🍀🌿🍂🌺¸¸.•💞💞🍀🌹🍀🌿🍂🌺¸¸.•💞

Não quis mais falar sobre isso, mas me lembrei que – realmente – eu quis fazer o viver de luz para que meu marido não me maltratasse mais quando íamos ao supermercado e ele questionava que eu gastava muito. Reclamava para as meninas dos caixas e eu morria de vergonha, porque só comprava o essencial: arroz, feijão, verduras, frutas e quase nada de carnes. Não comprava danone, nem chocolates e nem bolachas que as crianças viviam pedindo. De fato, a Evelyn acertou. Mas, não quis mais fazer o viver de luz… amiga minha disse que eu precisava tomar 2 litros de coca-cola para sarar das cãibras. Depois, fui ao médico e ele me receitou vários minerais para me curar… NÃO INDICO QUE NINGUÉM FAÇA O VIVER DE LUZ. 💞🍀🌹🍀🌿🍂🌺¸¸.•💞💞🍀🌹🍀🌿🍂🌺¸¸.•💞

Resultado de imagem para Evelyn Torrence
Evelyn Torrence
essa mulher é uma comerciante… ela pensava mesmo era em ganhar grana
Resultado de imagem para Jasmuheen
Jasuheen
Resultado de imagem para Jasmuheen
UMA AMIGA MINHA CARIOCA QUE MORAVA NOS ESTADOS UNIDOS,
ENCONTROU A JASMUHEEN TOMANDO VITAMINAS PELA VEIA, NUM HOSPITAL…


Como você chegou a desenvolver essa capacidade de se alimentar somente de prana?
Basicamente, esse foi o resultado de algumas décadas de ajuste e fina sintonia do corpo físico, emocional, mental e espiritual através de um estilo de vida particular. Isso incluía meditação disciplinada, oração, programação, uma dieta vegetariana leve, exercício físico, passar certo tempo em silêncio, em contato com a natureza, usar cantos e mantras, e também praticar serviço para o próximo, diariamente. Em outras palavras, realizar coisas para outras pessoas sem pensar em obter algo em troca. A combinação dessas práticas me conectou, em nível energético, na freqüência de onda do prana – ou, podemos dizer, o canal da Divindade interior, permitindo assim que eu fosse alimentada. Também me submeti a uma iniciação específica, que me conectou em um nível profundo com a Divindade interna.


Quais técnicas você desenvolveu e aprendeu para chegar ao ponto de não necessitar de alimento material?
Como eu disse, o estilo de vida dos oito pontos, que eu chamo de Programa de Estilo de Vida Luxuoso (ou L.L.P, Luscious Lifestyle Program). É um programa gratuito, qualquer pessoa pode fazê-lo, e tem benefícios fantásticos. No entanto, cada indivíduo precisa definir o quanto de meditação, o quanto de silêncio e o quanto de oração será necessário para levá-lo até aquela área que eu chamo de zona do paraíso – aquele reino que Deepak Chopra define como domínio virtual, onde os milagres podem acontecer.

Como se dá a alimentação prânica?
Novamente, isso nos leva ao estilo de vida que as pessoas praticam. Para aqueles que não possuem um estilo de vida holístico e não dispensam tempo para ficar em forma em todos os níveis, e para aqueles que não entendem a conexão corpo-mente – em outras palavras, que não consideram o corpo como um bio-computador e a mente como o programa de software, viver de luz seria completamente impossível. No entanto, se os corpos estão bem afinados através de um estilo de vida holístico, tudo pode acontecer.

Qualquer pessoa pode obter essa mesma capacidade? Caso a resposta seja sim, quantas já conseguiram?
Nós acreditamos que, no momento, existam aproximadamente 10 mil pessoas no mundo alimentando-se de prana. A grande maioria são aquelas que atingiram o estado de Bigu, conhecido pela comunidade chinesa dos praticantes de Qi Gong. No entanto, os chineses têm usado o poder do prana para curar câncer e AIDS. Basicamente, eles vivem um estilo de vida balanceado, e seu foco não tem sido permitir que o prana os alimente, apesar de que isso se tornou o benefício que o estilo de vida que eles praticam proporcionou. Informações detalhadas podem ser obtidas em seu website, www.qigong.net. Em nosso site, A Academia da Internet Cósmica (Cosmic Internet Academy), também se encontra toda a nossa pesquisa e provas que muitos médicos estão nos fornecendo sobre a habilidade do ser humano para viver de luz, sendo que isso é um fato que tem ocorrido há milhares de anos.

Foi feita alguma avaliação científica do processo? Quais os resultados?

Existem dez anos de pesquisas cientificamente documentadas, feitas por um professor de física nuclear associado aos mestres de Qi Gong. Também existem mais pesquisas coletadas através dos anos, cujos resultados estão disponíveis em nosso site. No momento, nossa equipe também está envolvida com um instituto de pesquisa nos EUA, com o intuito de examinar 12 pessoas que vivem de luz. Esperamos que esses estudos estejam finalizados em 2002.

O que é o processo de 21 dias que você cita em seu livro Viver de Luz?
É uma iniciação espiritual que algumas pessoas são guiadas a fazer e que as permite se conectar com a sua divindade em um nível profundo. É uma iniciação espiritual para os guerreiros e aqueles que se sentem à vontade com provas de fé, pois isso exige que a pessoa esteja em forma em diversos níveis. Observe, no entanto, que as pessoas têm passado por iniciações espirituais desde o começo dos tempos, particularmente entre os druidas e muitos outros movimentos espirituais. Esse não é um processo que recomendamos para todos, particularmente com o objetivo de viver de luz, tendo em vista que centenas de pessoas estão entrando nesse estado de ser alimentados pelo Divino simplesmente por sua escolha de estilo de vida.

A partir de seu trabalho de alimentação prânica, como você vê a questão da fome mundial?
Viver de luz não vai resolver os problemas da fome. No entanto, a pesquisa que foi realizada sobre as vantagens que temos ao sermos alimentados pelo prana, indica um benefício fantástico para o mundo. Em essência, o principal beneficio desse estilo de vida é que ele permite a uma pessoa estar mais inclinadas a adotar uma mentalidade de serviço, altruísmo e filantropia, e ser mais interessada em redistribuir e reorganizar os recursos gerados no Ocidente para o Oriente, com o objetivo de que cada homem, mulher e criança tenha acesso à alimentação, moradia decente e educação holística. Um guru uma vez me disse que você não leva espiritualidade para o Oriente quando as pessoas estão morrendo de fome e precisam de comida. Você providencia os recursos para corrigir isso. No entanto, você pode providenciar espiritualidade no Ocidente, onde temos uma gulodice de materialismo, e confiar que esse crescimento em consciência e sensibilidade permita que as pessoas sejam mais compassivas em relação ao seu semelhante. O trabalho que estamos fazendo na Embaixada por uma Sociedade Positiva e Desperta (M.A.P.S) é operar em muitos níveis, trabalhando na área política com a mídia, e também nas bases, através de palestras e viagens ao redor do mundo, apenas falando às pessoas que estão abertas para experimentar o Divino.

Como você vê o desenvolvimento do seu trabalho e as mudanças no novo milênio?
No momento, as organizações e fundações que foram lançadas estão sólidas. A embaixada M.A.P.S. está agora operando em 33 países, com milhares sintonizados na Internet interior para receber seu pedaço do Paraíso Divino. Nosso foco como coletividade é a implementação do plano de um povo vivendo em harmonia neste planeta, e também estamos focalizados na eliminação de toda a guerra, doença, injustiça social, pobreza e violência até 2011. Nós acreditamos que a correta utilização dos meios de comunicação – e através de nosso website, palestras e artigos inspiradores – permitirá que as pessoas se sintonizem com a Divindade interior e, com isso, a mudança ocorrerá rápida e radicalmente – se nossa intenção e vontade estiverem corretamente alinhadas. Em minhas viagens eu também trabalho como uma repórter cósmica, trazendo informações para diferentes comunidades sobre todas as coisas que estão acontecendo em nossos sistemas. E nosso foco é, em vez de estabelecer novos sistemas, trabalhar no refinamento daqueles que já existem em nosso planeta.
http://www.revistaneoo.com/2011/03/mulher-que-vive-de-luz.html
breatharian couple5 750x500 Vivendo sem comer: Casal alega que está sem comer há 9 anos, vivendo da energia do universo
Segundo disseram aos jornais, eles não comem alimentos reais há 9 anos, pois vivem da “energia do universo”.
Akahy Ricardo, de 36 anos, e sua esposa, Camilla Costello, 34, tiveram sua última refeição real em 2008, antes de se tornarem “romeristas” e abraçando um estilo de vida sem comida. Ambos afirmam que os seres humanos podem facilmente viver uma vida saudável sem alimentos, desde que estejam conectados à “energia que existe em todas as coisas e através da respiração”. Além disso, Costello afirma que esse estilo de vida é consideravelmente mais barato, permitindo a ela e seu marido gastar dinheiro em viajar em vez de fazer jantares.

Você talvez se surpreenda de saber que existem pessoas no mundo que alegam viver de… Luz. Ou de respiração. Na nossa sociedade atual marcada pelo consumo, e edificada em fastfoods, snaks, guloseimas açucaradas e sorvetes que são gordura pura, isso pode soar até como um insulto.

Como assim não comem nada?
Eu também não sei e não entendo, mas a alegação é que de alguma forma, essas pessoas estariam se nutrindo de um tipo de “energia cósmica” que permeia todo o universo.
Esse papo é muito nova era pra sua cabeça?
Desconfiar é preciso! Mas mesmo que as alegações soem estapafúrdias, hoje a evidência científica mostra que o jejum por breves períodos de tempo pode ter efeitos positivos na nossa saúde. Agora sem comer nada por NINE FUCKNG YEARS?

Sinceramente, eu acho esse tipo de artigo EXTREMAMENTE PERIGOSO. Me intriga que um jornal pegue esse assunto para tratar como uma coisa corriqueira, e pior: Sem dar os devidos alertas de que essa ideia pode ser mortal. Acho que antes de dar aba pra esse tipo de alegação espetacular, eles deviam PROVAR suas alegações, ficando em uma caixa lacrada por pelo menos um ano sem comida nenhuma. Se eles fizerem isso, aí sim, os jornais deviam registrar o misterioso fenômeno, porque do contrario, eu também posso falar que atravesso paredes quando quero e mesmo que eu não atravesse na frente de ninguém, as pessoas que acreditarem que atravessar paredes é viável poderiam se ferir tentando ser como eu supostamente as iludi que sou.
Há, de fato, pessoas no mundo que fazem coisas intrigantes e extraordinárias que desafiam a ciência. Geralmente quem faz isso, realiza a façanha aos olhos de qualquer um, como o antológico tiozinho do frango frito.

http://www.mundogump.com.br/vivendo-sem-comer-casal-alega-que-esta-sem-comer-ha-9-anos-vivendo-da-energia-do-universo/
A modelo ucraniana Valeria Lukyanova, a Barbie humana, afirmou que está se alimentando apenas de luz e ar! Será possível? (foto: Divulgação)

Verdadeiro ou falso?
Como já mostramos em 2012 aqui no E-farsas que Valeria Lukyanova não bate bem das ideias (ela afirma também que acredita ser de outro planeta, se comunica constantemente com alienígenas e que já conseguiu viajar no tempo), não podemos levar em consideração nenhuma das suas declarações. Além do que, notícias envolvendo a garota atraem muitos leitores e muitos jornais acabam por aumentar ou distorcer fatos relacionados à Barbie humana.

No entanto, muitos leitores do E-farsas ficaram curiosos se a “dieta da luz” realmente funciona ou não. O Respiratorianismo é eficaz?

Respiratorianismo: A dieta da luz
Respiratorianismo, ou inedia, é a suposta capacidade que alguns indivíduos alegam ter de sobreviver sem alimentos. Os adeptos dessa “modalidade alimentar” afirmam que, através de alguns passos (que incluem um jejum de 21 dias), é possível se passar a viver exclusivamente de luz e ar. Segundo dizem, é possível o ser humano viver de fotossíntese.
Antes que você fique impressionado com essa “dieta”, já vamos dar um spoiler para você e entregar o final desse artigo: ISSO NÃO FUNCIONA E QUEM TENTAR PODE MORRER!
Em diversas culturas, o jejum é considerado uma maneira de purificar a mente e o corpo das pessoas. Mas tem gente que tenta levar isso muuuuuito a sério. São os adeptos do respiratorianismo.

O conceito de Respiratorianismo se popularizou com a ajuda da australiana Ellen Greve – ou “Jasmuheen”, como é conhecida entre seus seguidores. Uma senhora que ganha a vida vendendo livros (uma busca por “Jasmuheen” no Amazon nos retorna 80 resultados. Ao todo, são 35 livros publicados por elasobre o assunto) e realizando palestras caríssimas no mundo todo sobre o assunto (as pessoas pagam em media 2000 dólares para assistir a uma de suas palestras!). A “respiracionista” (não sabemos se o termo é esse) também possui mais de 500 vídeos produzidos por ela no YouTube.

Ganhadora do prêmio IgNobel (uma espécie de sátira do prêmio Nobel) de literatura, em 2000, com seu polêmico livro “Nutrição Prânica”, Jasmuheen é também Presidente do Congresso Mundial de Cientistas Espirituais em Pyramid Valley (em Bangalore – Índia) e afirma que não se alimenta de outra comida além de luz e ar puro desde 1993!

Apesar disso, Ellen Greve reconheceu, em 1999, ao jornal britânico Sunday Times que toma chás de ervas e tem “orgasmos de sabores” comendo chocolates e sorvetes de vez em quando.

Sim, ela esteve aqui no Brasil no ano de 2006. Na época, ela estava divulgando o lançamento de um dos seus inúmeros livros, chamado “Os Cavaleiros da Luz”. A seguir, uma entrevista que a evangelista do Respiratorianismo concedeu ao programa Face a Face.
Note que, aos 6 minutos de vídeo, quando questionada a razão de tantas mortes de pessoas que se propuseram a tentar “viver de luz”, Jasmuheen joga a culpa inteiramente nas vítimas.

Espertalhões, charlatões e afins
Espertalhões como essa australiana existem aos montes e é preciso ficar atento para não cair em suas armadilhas. Perceba que uma pseudociência nunca consegue sucesso por si só. Quem inventa uma besteira dessas sempre precisa se apoiar em outras pseudociências para se sustentar.

No caso de Jasmuheen, seus livros que ensinam técnicas para o Respiratorianismo misturam esoterismo com pirâmidesespiritualismo com cromoterapia e viagem astral com micro-comida-cósmica (sabe-se lá o que isso venha a ser).
Nenhum dos seus métodos foi testado cientificamente até hoje.
Em 1999, intrigados com os métodos propostos por Ellen Greve em seus livros, o programa de TV norte-americano “60 Minutes” a convidou para acompanha-la alguns dias em sua rotina. Confinada em um hotel, Jasmuheen foi filmada 24 horas por dia, durante 7 dias, numa espécie de Big Brother sem água, sem comida e sem o Pedro Bial. Sob o olhar atento das câmeras (e sem poder comer às escondidas), o que aconteceu foi:
1° dia de jejum: Ellen nem parece se abater. Passou o dia todo sem comer nada!
2° dia: A escritora já mostrava sintomas de desidratação aguda, estresse e pressão arterial elevada.
3° dia: Jasmuheen já havia perdido mais de £ 14 (cerca de 6 quilos) de seu peso.
4 º dia: Os produtores pararam o experimento! O Dr. Berris Wink, presidente da filial de Queensland da Associação Médica Australiana, pediu a Jasmuheen que interrompesse o teste. De acordo com o médico, as pupilas da mulher estavam dilatadas, sua fala estava lenta, ela já estava muito desidratada e sua pulsação tinha dobrado de frequência!
Ao invés de admitir que sua dieta de luz é uma farsa total e que é impossível se viver sem água e comida, Ellen Greve fez o que todo charlatão faz quando falha ao ser colocada à prova: Coloca a culpa em um terceiro. Na época, Greve disse ao 60 Minutes que o ar poluído da cidade havia interferido nos testes. Como ela teoricamente se alimenta de ar, o ambiente poluído da cidade não lhe oferecia os nutrientes necessários… Tá bom, então!

De acordo com o pesquisador e escritor Mark Frauenfelder, certa vez, um jornalista australiano que estava no mesmo vôo que Jasmuheen ficou surpreso ao vê-la pedir à comissária uma refeição vegetariana. Depois de inicialmente negar que ela havia feito isso, ela disse: “Sim, eu fiz, mas eu não vou comê-lo.” Talvez ela só queria mesmo era salvar os legumes de serem comidos.
É importante também ressaltar que vários repórteres já tiveram a oportunidade de entrevistar a escritora em sua própria residência e encontraram seus armários cheios de comida. Indagada a razão de uma pessoa que não come ter comida em casa, ela explica que os alimentos são para o marido (que já foi preso uma vez apropriar-se indevidamente de um fundo de pensão). Parece que Jasmuheen, apesar de afirmar ter convertido milhares de pessoas ao respiratorianismo no mundo todo, não conseguiu converter o próprio companheiro, que ainda não é capaz de viver de luz.
 
Outros pregadores
Wiley Brooks, um dos pregadores do respiratorianismo, foi flagrado saindo de uma lanchonete com um hot dog! (foto: Divulgação)

Claro que Ellen Greve, apesar de popular, não é a única a indicar o perigoso respiratorianismo (que ela chama de “alimentação prânica”) no mundo! Wiley Brooks, fundador do Instituto Respiratorianista da América, é um forte evangelista da técnica, mas dá umas “derrapadas” de vez em quando. Em 1993, por exemplo, ele foi pego saindo de um restaurante fast food comendo um cachorro-quente e bebendo um copão de refrigerante. Em entrevista à revista Colors em 2003, ele disse que ele quebra periodicamente seu jejum com um cheeseburger e uma coca-cola. Ah! Ele chama a Diet Coke de “luz líquida“.
 
Mortes por causa do Respiratorianismo
Em abril de 2006, uma mulher morreu após tentar a “dieta da luz” e ficar 3 semanas sem comer. Depois de assistir a um documentário que mostrava um indiano que supostamente estaria há mais de uma década sem se alimentar, uma senhora de 50 anos também resolveu aderir a esse tipo de dieta perigosa. Quando os filhos perceberam o que estava acontecendo, já era tarde demais. De acordo com o jornal suíço Tage Anzeiger, a dona-de-casa Anna Gut (o nome foi alterado pelo jornal para preservar sua família) foi encontrada morta em seu quarto e exames constataram que a causa da morte foi inanição.

Morreu de fome…
A reportagem do Tage Anzeiger conta que essa não foi a primeira morte relacionada ao Respiratorianismo que se tem notícia. Segundo o artigo, a dieta popularizada por Ellen Greve fez muitas vítimas como, por exemplo:
Timo Degen faleceu aos 31 anos de idade (em 1997) em Munique, vítima de um colapso circulatório após tentar a dieta da luz.
Lani Morris, um neozelandês que também faleceu em junho de 1998, em decorrência de um acidente vascular cerebral, causado pela perda de líquidos durante uma semana de um jejum proposto em um dos livros de Ellen Greve (na ocasião, Jasmuheen deu uma entrevista onde se defendia: “A morte de um ser humano é uma conclusão precipitada, foi, assim, o carma do falecido”, disse ela)

 Em setembro de 1999, a australiana Verity Linn foi encontrada morta próxima ao lago Cam em Assynt (Escócia). Ela tinha 48 anos de idade e estava extremamente magra quando morreu. Apesar das investigações não descobrirem a causa da morte, no diário da mulher havia relatos de suas experiências com a dieta e afirmações de que ela já estaria num estágio bem avançado nas técnicas respiratorionistas. A modelo ucraniana Valeria Lukyanova, a Barbie humana, afirmou que está se alimentando apenas de luz e ar! Será possível? (foto: Divulgação)

Respiratorianismo: A dieta da luz
Respiratorianismo, ou inedia, é a suposta capacidade que alguns indivíduos alegam ter de sobreviver sem alimentos. Os adeptos dessa “modalidade alimentar” afirmam que, através de alguns passos (que incluem um jejum de 21 dias), é possível se passar a viver exclusivamente de luz e ar. Segundo dizem, é possível o ser humano viver de fotossíntese.
Antes que você fique impressionado com essa “dieta”, já vamos dar um spoiler para você e entregar o final desse artigo: ISSO NÃO FUNCIONA E QUEM TENTAR PODE MORRER!
Em diversas culturas, o jejum é considerado uma maneira de purificar a mente e o corpo das pessoas. Mas tem gente que tenta levar isso muuuuuito a sério. São os adeptos do respiratorianismo.

O conceito de Respiratorianismo se popularizou com a ajuda da australiana Ellen Greve – ou “Jasmuheen”, como é conhecida entre seus seguidores. Uma senhora que ganha a vida vendendo livros (uma busca por “Jasmuheen” no Amazon nos retorna 80 resultados. Ao todo, são 35 livros publicados por elasobre o assunto) e realizando palestras caríssimas no mundo todo sobre o assunto (as pessoas pagam em media 2000 dólares para assistir a uma de suas palestras!). A “respiracionista” (não sabemos se o termo é esse) também possui mais de 500 vídeos produzidos por ela no YouTube.

Ganhadora do prêmio IgNobel (uma espécie de sátira do prêmio Nobel) de literatura, em 2000, com seu polêmico livro “Nutrição Prânica”, Jasmuheen é também Presidente do Congresso Mundial de Cientistas Espirituais em Pyramid Valley (em Bangalore – Índia) e afirma que não se alimenta de outra comida além de luz e ar puro desde 1993!

Apesar disso, Ellen Greve reconheceu, em 1999, ao jornal britânico Sunday Times que toma chás de ervas e tem “orgasmos de sabores” comendo chocolates e sorvetes de vez em quando.

Sim, ela esteve aqui no Brasil no ano de 2006. Na época, ela estava divulgando o lançamento de um dos seus inúmeros livros, chamado “Os Cavaleiros da Luz”. A seguir, uma entrevista que a evangelista do Respiratorianismo concedeu ao programa Face a Face.
Note que, aos 6 minutos de vídeo, quando questionada a razão de tantas mortes de pessoas que se propuseram a tentar “viver de luz”, Jasmuheen joga a culpa inteiramente nas vítimas.

Espertalhões, charlatões e afins
Espertalhões como essa australiana existem aos montes e é preciso ficar atento para não cair em suas armadilhas. Perceba que uma pseudociência nunca consegue sucesso por si só. Quem inventa uma besteira dessas sempre precisa se apoiar em outras pseudociências para se sustentar.

No caso de Jasmuheen, seus livros que ensinam técnicas para o Respiratorianismo misturam esoterismo com pirâmidesespiritualismo com cromoterapia e viagem astral com micro-comida-cósmica (sabe-se lá o que isso venha a ser).
Nenhum dos seus métodos foi testado cientificamente até hoje.
Em 1999, intrigados com os métodos propostos por Ellen Greve em seus livros, o programa de TV norte-americano “60 Minutes” a convidou para acompanha-la alguns dias em sua rotina. Confinada em um hotel, Jasmuheen foi filmada 24 horas por dia, durante 7 dias, numa espécie de Big Brother sem água, sem comida e sem o Pedro Bial. Sob o olhar atento das câmeras (e sem poder comer às escondidas), o que aconteceu foi:
1° dia de jejum: Ellen nem parece se abater. Passou o dia todo sem comer nada!
2° dia: A escritora já mostrava sintomas de desidratação aguda, estresse e pressão arterial elevada.
3° dia: Jasmuheen já havia perdido mais de £ 14 (cerca de 6 quilos) de seu peso.
4 º dia: Os produtores pararam o experimento! O Dr. Berris Wink, presidente da filial de Queensland da Associação Médica Australiana, pediu a Jasmuheen que interrompesse o teste. De acordo com o médico, as pupilas da mulher estavam dilatadas, sua fala estava lenta, ela já estava muito desidratada e sua pulsação tinha dobrado de frequência!
Ao invés de admitir que sua dieta de luz é uma farsa total e que é impossível se viver sem água e comida, Ellen Greve fez o que todo charlatão faz quando falha ao ser colocada à prova: Coloca a culpa em um terceiro. Na época, Greve disse ao 60 Minutes que o ar poluído da cidade havia interferido nos testes. Como ela teoricamente se alimenta de ar, o ambiente poluído da cidade não lhe oferecia os nutrientes necessários… Tá bom, então!

Conclusão
Não é possível se viver sem água e alimentos. Essa historia de viver de luz é farsa! Não tentem fazer isso!


http://www.e-farsas.com/respiratorianismo-barbie-humana-vive-apenas-de-luz-e-ar.html

MAIS…
http://www.saindodamatrix.com.br/archives/2006/02/vivendo_de_luz.html

http://www.universodamulher.com.br/m/0/618/vivendo-de-brisa
Resultado de imagem para Evelyn Torrence
Evelyn Torrence

Read Full Post »

obras de arte
obras de arte
obras de arte
obras de arte
obras de arte
obras de arte
É sempre maravilhoso estar na natureza, mas um homem que mora em Yorkshire, na Inglaterra, decidiu melhorar ainda mais as coisas usando objetos naturais para criar belas obras de arte. James Brunt organiza cuidadosamente rochas, galhos, folhas e frutos em espirais, círculos concêntricos e outros padrões detalhados. 
obras de arte
obras de arte
Resultado de imagem para James Brunt
obras de arte
Imagem relacionada
obras de arte
obras de arte
MAIS, CLIC:

http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=14145
obras de arte

Read Full Post »

Older Posts »