Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 29 de maio de 2019

Fotógrafo amador canadense diz estar "maravilhado" pela repercussão mundial da imagem — Foto: Steve Biro/Arquivo pessoal
A incrível foto de águia que viralizou e surpreendeu fotógrafo amador:
‘Senti a brisa das asas’
Steve Biro fez registro de águia-de-cabeça-branca voando sobre rio em santuário de aves de rapina no Canadá.


Fotógrafo amador canadense diz estar “maravilhado” pela repercussão mundial da imagem Foto: Steve Biro/Arquivo pessoal

Um fotógrafo amador canadense diz estar “maravilhado” pela repercussão mundial da imagem que registrou de uma águia-de-cabeça-branca (também conhecida como águia-americana ou águia-careca) em pleno voo.

Steve Biro tirou a foto de Bruce, a águia, na Canadian Raptor Conservancy, um santuário de aves de rapina em Ontário, no Canadá.
Em seguida, publicou a imagem em grupos de fotógrafos no Facebook. O registro rapidamente viralizou.
Na foto, a águia aparece em pleno voo sobre o rio e “olhando” para a câmera. Suas asas abertas tocam levemente a água, numa simetria perfeita.
A imagem é uma das centenas que Biro tirou de Bruce naquele dia.

“Ele está perfeitamente dentro do quadro; as duas asas estão tocando a água”, diz ele à BBC. “Aquela [fotografia] foi a que me pareceu mais especial. Mas não sabia qual seria a reação das pessoas”, acrescenta.

A foto chegou à primeira página da rede social Reddit e virou notícia em todo o mundo.
As aves normalmente não se sentem perturbadas por fotógrafos que visitam o santuário. Mas Biro diz que a águia parecia irritada com o posicionamento de sua câmera.

“Ele estava realmente tentando me afastar de onde eu estava”, diz.

“Senti a brisa das asas quando ele voou sobre mim. As outras pessoas que estavam lá ficaram assustadas quando ele veio na minha direção. Foi realmente muito emocionante”.

Biro conta que, assim que se levantou da pedra onde estava sentado, Bruce voou e reivindicou o local para si.
Ele vem tirando fotos há 10 anos como hobby – “de natureza, paisagens, cidades… gosto de tudo”.
Mas Biro confessa ter uma “queda” por imagens de pássaros.
“Há algo neles que para mim é cativante”, diz Biro.
“A maneira como caçam, a maneira como interagem. Às vezes, você os observa fazendo coisas. Eles são brincalhões, assim como as crianças. É incrível como podemos ver características humanas nos pássaros – e nos animais em geral”.

Segundo ele, a fotografia o desafia a ver o mundo “como se fosse criança de novo”.
As águias-de-cabeça branca são nativas da América do Norte.
Nos Estados Unidos, onde é o símbolo nacional, a ave faz ninhos em mais da metade do país. No Canadá, é mais comumente encontrada na Colúmbia Britânica, nas pradarias e em partes de Ontário.
https://g1.globo.com/natureza/noticia/2019/05/28/a-incrivel-foto-de-aguia-que-viralizou-e-surpreendeu-fotografo-amador-senti-a-brisa-das-asas.ghtml
Anúncios

Read Full Post »

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e pessoas no palco
DESFILE DE HORRORES 

Fabrício Carpinejar 

O amor requer privacidade, acolhimento, convívio, diálogo. 

Coloque em dobro todas essas recomendações na hora de tratar com crianças esperando adoção. Elas são mais frágeis, já experimentaram traumas e conflitos familiares e dependem de passos firmes para fortalecer a sua estima. Não podem ser expostas ao sofrimento gratuitamente. Exigem a proteção incansável de seus cuidadores e de uma transição segura para um novo lar. 

Nada disso aconteceu em shopping de Cuiabá (MT), na terça (21/5). No evento Adoção na Passarela”, crianças e adolescentes de 4 a 17 anos, aptas para a adoção, atravessaram a passarela em busca de famílias candidatas. 

Não há como entender os objetivos da Associação Mato-grossense de Pesquisa e Apoio à Adoção (Ampara) e da Ordem dos Advogados do Brasil do Mato Grosso (OAB-MT). 

Desde quando crianças são escolhidas pela aparência, pelos atributos físicos? Estão oferecendo modelos para interessados? Tem que ser bonito e desfilar para ser aceito? Tem que estar arrumado e ostentar figurino de grife? 

Elas querem pais, não empresários. 

Ideias, olhares, sonhos, palavras, ternura, alma não servem para coisa alguma? É o recado que está sendo dado? 

A exposição de meninos e meninas, com cabelo produzido e maquiagem, não tem graça. O desamparo não é um concurso de miss. A dor não é uma disputa de beleza. 

Meu impulso é chorar de raiva, jamais aplaudir a iniciativa. Corresponde a maltratar uma esperança já calejada, criar expectativas para uma finalidade equivocada, priorizar a futilidade e incentivar o descarte humano. 

Exibir órfãos a um desfile é erotizar o abandono, num movimento contrário às campanhas contra o abuso e a exploração de menores. É rasgar em pedacinhos o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) e transformá-lo em confetes e serpentinas. 

É promover um leilão. É organizar uma venda coletiva. Em vez de roupas e produtos, é possível oferecer lances para levar vidas indefesas para a casa. 

Como se os pequenos fossem escravos. Como se os pequenos fossem obrigados a mostrar os dentes. Como se os pequenos fossem obrigados a rebolar, dançar e girar para atrair o interesse. Como se as nossas crianças fossem absolutos objetos de consumo.


Publicado no jornal Zero Hora, GaúchaZH, 22/5/2019:

https://
gauchazh.clicrbs.com.br/colunistas/carpinejar/noticia/2019/05/
desfile-de-horrores-cjvzsuf9k073y01mamyiv11m9.html

Read Full Post »

A imagem pode conter: texto
Nenhuma descrição de foto disponível.
A imagem pode conter: texto
A imagem pode conter: texto
A imagem pode conter: texto

Do FACE da AMIGA, LINDA, EDUCADORA…. Veridiane Carneiro

Nenhuma descrição de foto disponível.

A imagem pode conter: texto
A imagem pode conter: texto
A imagem pode conter: texto
A imagem pode conter: texto
Nenhuma descrição de foto disponível.
Nenhuma descrição de foto disponível.
Nenhuma descrição de foto disponível.
A imagem pode conter: céu, nuvem e atividades ao ar livre

Read Full Post »

Nenhuma descrição de foto disponível.

Read Full Post »

PresTenção:

Resultado de imagem para Crianças de até cinco anos de idade não devem passar mais de 60 minutos por dia em atividades passivas diante de uma tela

“Crianças de até cinco anos de idade não devem passar mais de 60 minutos por dia em atividades passivas diante de uma tela de smartphone, computador ou TV. A recomendação foi divulgada nesta semana (24) pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que alertou ainda que bebês com menos de 12 meses de vida não devem passar nem um minuto na frente de dispositivos eletrônicos. Orientações fazem parte de conscientização da agência da ONU sobre sedentarismo e obesidade.”

Resultado de imagem para Crianças de até cinco anos de idade não devem passar mais de 60 minutos por dia em atividades passivas diante de uma tela
Bebês (menos de um ano):
Devem estar fisicamente ativos várias vezes ao dia de várias maneiras, particularmente por meio de brincadeiras interativas no chão. Quanto mais, melhor. Para os que ainda não sabem andar, essas atividades físicas devem incluir pelo menos 30 minutos em posição de bruços, repartidos ao longo do dia, nos momentos em que os bebês estiverem acordados;
Não devem permanecer sob formas de contenção e restrição do movimento por mais de uma hora seguida — por exemplo, em carrinhos de bebê, cadeiras altas ou nas costas de um cuidador. Não se recomenda que passem tempo diante de telas de dispositivos eletrônicos. Em momentos de inatividade, recomenda-se que um cuidador leia ou conte histórias;
Devem ter de 14 a 17 horas (no período do nascimento aos três meses de idade) ou de 12 a 16 horas (no período de quatro a 11 meses de idade) de sono de boa qualidade, incluindo cochilos.
Crianças de um a dois anos de idade:
Devem passar ao menos 180 minutos em uma variedade de atividades físicas em qualquer intensidade, incluindo atividades físicas de intensidade moderada a elevada, distribuídas ao longo do dia. Quanto mais, melhor;
Não devem ficar restritas por mais de uma hora seguida — por exemplo, em carrinhos de bebê, cadeiras altas ou nas costas de um cuidador — nem permanecer sentadas durante longos períodos de tempo. Para crianças de um ano de idade, não se recomenda nenhum período de tempo em atividades sedentárias em frente a uma tela (assistindo à TV ou vídeos ou em jogos de computador). Para aquelas com dois anos de idade, o tempo sedentário em frente às telas não deve ser superior a uma hora. Quanto menos, melhor. Em momentos de inatividade, recomenda-se que um cuidador leia ou conte histórias;
Devem ter de 11 a 14 horas de sono de boa qualidade, incluindo cochilos, com horários regulares para dormir e acordar.
Crianças de três a quatro anos de idade:
Devem gastar ao menos 180 minutos em vários tipos de atividades físicas em qualquer intensidade. Pelo menos 60 minutos devem envolver atividades de intensidade moderada a elevada, repartidas ao longo do dia. Quanto mais, melhor;
Não devem ficar contidas por mais de uma hora seguida — por exemplo, em carrinhos de bebê — ou ficar sentadas por longos períodos. O tempo dedicado a atividades sedentárias em frente às telas não deve exceder uma hora. Quanto menos, melhor. Em momentos de inatividade, recomenda-se que um cuidador leia ou conte histórias;
Devem ter de 10 a 13 horas de sono de boa qualidade, que podem incluir cochilos, com horários regulares para dormir e acordar.
Uso de smartphones e dispositivos eletrônicos
Fiona Bull lembrou o aumento de aplicativos que ajudam usuários a entender quanto tempo estão passando conectados em seus aparelhos. Segundo a especialista, ainda há muita incerteza sobre o impacto desses dispositivos na saúde.
“Este é um fato recente e acho que é um sinal de que a indústria digital também está preocupada com a natureza viciante do tempo que está sendo usado nesses aparelhos de diferentes maneiras”, afirmou a especialista da OMS.
“É claro, todos nós usamos para trabalho, usamos em escolas para aprendizagem, estamos usando em casa para educação. Trata-se de gerenciar o uso dessas ferramentas valiosas e dar atenção aos benefícios e aos riscos.”

https://nacoesunidas.org/oms-divulga-recomendacoes-sobre-uso-de-aparelhos-eletronicos-por-criancas-de-ate-5-anos/amp/?fbclid=IwAR2JDxGMqRgDKtGIKDzGhl9B7CHGva7pgNHCIBoK4mIXdPLHTzU9Aif7cpk

Read Full Post »

Read Full Post »

Read Full Post »

Older Posts »