Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 11 de fevereiro de 2019

Hoje… todos choramos…

Enzuh… muuuito duro!

Read Full Post »

Read Full Post »

Read Full Post »

Insetos correm risco de extinção, segundo estudo — Foto: Pixabay

Insetos correm risco de extinção, segundo estudo — Foto: Pixabay

Quase metade de todas as espécies de insetos, vitais para os ecossistemas e economias, está em rápido declínio em todo o mundo, alerta um estudo que adverte para um “colapso catastrófico” dos ambientes naturais.
“A conclusão é clara: a menos que mudemos nossas formas de produzir alimentos, os insetos vão ter tomado o caminho da extinção em algumas décadas”, dizem os autores deste balanço, síntese de 73 estudos, que apontam, em particular, o papel da agricultura intensiva no destino dos insetos.
Hoje, cerca de um terço de todas as espécies está ameaçada “e, a cada ano, cerca de 1% a mais é adicionada à lista”, calculam Francisco Sanchez-Bayo e Kris Wyckhuys, das universidades de Sydney e Queensland.
O que representa, eles observam, “o episódio mais massivo de extinção”, desde o desaparecimento dos dinossauros.”A proporção de espécies de insetos em declínio (41%) é duas vezes maior que a dos vertebrados e a taxa de extinção de espécies locais (10%) é oito vezes maior”, destacam.
Quando se fala de perda de biodiversidade, o que chama a atenção é o destino de grandes animais.
Mas os insetos são “de importância vital para os ecossistemas: um tal evento não pode ser ignorado e deve fazer com que atuemos para evitar um colapso, que seria catastrófico, dos ecossistemas naturais”, insistem os cientistas nas conclusões publicadas na revista “Biological Conservation”.
Exemplo do serviço vital prestado pelos insetos está a polinização de culturas.
No sentido contrário, um exemplo do impacto de seu desaparecimento é o declínio “vertiginoso” das aves do campo, um fenômeno observado na França em 2018.
“Quase não há mais insetos, esse é o problema número um”, explicou um dos pesquisadores, Vincent Bretagnolle: “porque até os pássaros devoradores de grãos precisam de insetos em uma época do ano, para seus filhotes”.
Como causas da perda dos insetos, os pesquisadores australianos apontam o desaparecimento de seus habitats e o uso de pesticidas sintéticos, no coração da intensificação da agricultura no mundo nos últimos sessenta anos.


O estudo baseia-se, em particular, no caso da Europa e dos Estados Unidos, onde a vigilância é mais comum e regular.
“Mas, como esses fatores se aplicam a todos os países do mundo, a realidade dos insetos não deve ser diferentes em países tropicais e em desenvolvimento”, apontam.
A estas razões se somam patógenos, espécies invasoras e, finalmente, a mudança climática, mas especialmente em regiões tropicais.

https://g1.globo.com/natureza/noticia/2019/02/11/estudo-alerta-para-declinio-dos-insetos-no-mundo-e-risco-de-extincao-em-massa.ghtml

Read Full Post »

O jornalista Ricardo Boechat, em foto de 2006 — Foto:  José Patrício/Estadão Conteúdo/Arquivo

O jornalista, apresentador e radialista Ricardo Eugênio Boechat morreu no início da tarde desta segunda-feira (11), aos 66 anos, em São Paulo.
O jornalista estava em helicóptero que caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, e bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela via. O piloto Ronaldo Quattrucci também morreu no acidente.
Boechat estava dando uma palestra em Campinas, no interior do estado, e retornava a São Paulo nesta segunda. Ele deveria pousar no heliponto da Band, no Morumbi, Zona Sul da capital paulista.
O jornalista era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista IstoÉ. Ele também trabalhou nos jornais “O Globo”, “O Dia”, “O Estado de S. Paulo” e “Jornal do Brasil” e foi comentarista no Bom Dia Brasil, da TV Globo, na década de 1990. Ele ganhou três vezes o Prêmio Esso, um dos principais do jornalismo brasileiro.
Filho de diplomata, Ricardo Eugênio Boechat nasceu em 13 de julho de 1952, em Buenos Aires. O pai estava a serviço do Ministério das Relações Exteriores na Argentina.
O perfil de Boechat no site da Band News FM informa que ele era o recordista de vitórias no Prêmio Comunique-se – e o único a ganhar em três categorias diferentes (Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV). Em pesquisa do site Jornalistas & Cia em 2014, que listou cem profissionais do setor, Boechat foi eleito o jornalista mais admirado. Boechat lançou em 1998 o livro “Copacabana Palace – Um hotel e sua história” (DBA).
Em pesquisa do site Jornalistas & Cia em 2014, que listou cem profissionais do setor, Boechat foi eleito o jornalista mais admirado.
 Ricardo Boechat, em foto de março de 2006 — Foto: José Patrício/Estadão Conteúdo/Arquivo
Mapa mostra local onde helicóptero caiu na Rodovia Anhanguera — Foto: Wagner Magalhães/G1

Mapa mostra local onde helicóptero caiu na Rodovia Anhanguera — Foto: Wagner Magalhães/G1

Acidente

O chamado de socorro foi feito às 12h14. A queda ocorreu perto do quilômetro 7 do Rodoanel, sentido Castelo Branco. De acordo com a CCR Rodoanel Oeste, que administra o Rodoanel, houve uma terceira vítima com ferimentos, o motorista do caminhão.
Segundo informações iniciais, o helicóptero era do hangar Sales, no Campo de Marte, na Zona Norte da capital paulista, que ficou destelhado após um vendaval nas últimas semanas.
Foram enviadas ao menos 11 viaturas para o local. A Polícia Rodoviária Estadual informou que a alça de acesso do Rodoanel à Rodovia Anhanguera precisou ser interditada. Já a rodovia não teve bloqueio.
Investigadores do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA IV), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), começaram a investigação, que chamam de “ação inicial da ocorrência envolvendo a aeronave de matrícula PT-HPG”.
A ação inicial é o começo do processo de investigação e possui o objetivo de coletar dados: fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos. Segundo nota, a investigação realizada pelo CENIPA tem o objetivo de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram.
Helicóptero prefixo PT-HPG que se acidentou na Anhanguera — Foto: Matheus Herrera/Arquivo pessoal

Helicóptero prefixo PT-HPG que se acidentou na Anhanguera — Foto: Matheus Herrera/Arquivo pessoal

Caminhão também se envolveu em acidente com helicóptero — Foto: TV Globo/Reprodução

Anúncio

O jornalista da TV Band, José Luiz Datena, anunciou a morte do colega às 13h51 durante programação da emissora.
“Com profundo pesar, desses quase 50 anos de jornalismo, cabe a mim informar a vocês que o jornalista, amigo, pai de família, companheiro, que na última quarta, que eu vim aqui apresentar o jornal, me deu um beijo no rosto, fingido que ia cochichar alguma coisa, e, no fim, brincalhão como ele era, falou: “É, bocão, eu só queria te dar um beijo”. Queria informar aos senhores que o maior âncora da televisão brasileira, o Ricardo Boechat, morreu hoje num acidente de helicóptero, no Rodoanel, aqui em São Paulo. Ele foi a Campinas fazer uma palestra e o helicóptero que ele estava não chegou ao seu destino, que era o heliporto da Band. Ele caiu no Rodoanel e bateu num caminhão e as pessoas, segundo informações iniciais, teriam morrido na hora”.
Ricardo Boechat, em foto de março de 2006 — Foto: José Patrício/Estadão Conteúdo/Arquivo

Ricardo Boechat, em foto de março de 2006 — Foto: José Patrício/Estadão Conteúdo/Arquivo

Ricardo Boechat, em foto de março de 2006 — Foto: José Patrício/Estadão Conteúdo/Arquivo

Políticos

Jair Bolsonaro (PSL-RJ), presidente da República: “A Presidência da República expressa seu pesar e condolências em razão do falecimento do jornalista Ricardo Boechat, vitimado em um acidente aéreo, neste dia. O País perde um dos principais profissionais da imprensa brasileira. Sentiremos a falta de seu destacado trabalho na informação da população, tendo exercido sua atividade por mais de quatro décadas com dedicação e zelo”, em nota oficial.
“É com pesar que recebo a triste notícia do falecimento do jornalista Ricardo Boechat, que estava no helicóptero que caiu hoje em SP. Minha solidariedade à família do profissional e colega que sempre tive muito respeito, bem como do piloto. Que Deus console a todos”, via Twitter.
Hamilton Mourão (PRTB-RS), vice-presidente da República: “Manifesto meus sentimentos às famílias de #RicardoBoechat e do piloto do helicóptero, aos profissionais da Rede Bandeirantes, rádio e televisão, extensivos à classe jornalística, pela triste notícia do acidente que os vitimou. Deus no comando.”

André Mendonça, Advogado-geral da União: “Recebi com pesar a notícia da morte do jornalista Ricardo Boechat. Solidarizo-me com a família e peço a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos deste profissional que, ao longo de sua vida, deu uma inestimável contribuição ao jornalismo e à sociedade brasileira.”
Davi Alcolumbre (DEM-AP), senador e presidente do Senado: “Foi em estado de consternação e tristeza que recebi a notícia da morte inesperada do jornalista Ricardo Boechat. Era um profissional reconhecido pelo trabalho e senso crítico aguçado revelado nos principais meios de comunicação do país. Envio meu sentimento de solidariedade e apoio fraterno ao seus colegas de trabalho e a toda sua família. Tenho certeza que os brasileiros lamentam a morte desse argentino argentino que escolheu o Brasil como lar. Fica a saudade e o respeito pelo homem e jornalista que sempre demonstrou ser. Meu apoio fraterno também aos parentes e amigos dos demais ocupantes do helicóptero que fatalmente caiu em São Paulo.”
Eduardo Suplicy (PT-SP), vereador: “Lamento profundamente as mortes do jornalista Ricardo Boechat, bem como as do piloto e do copiloto do helicóptero que caiu hoje na Grande São Paulo.”
Ivan Valente (Psol-SP), deputado federal: “Lamentamos profundamente a morte do jornalista Ricardo Boechat. A imprensa brasileira perde um grande polemista e comunicador. O acidente com o helicóptero provocou a morte dele, do co-piloto e do piloto. Nossas condolências à família de todos.”
João Doria (PSDB-SP), governador de São Paulo: “Com o falecimento de Ricardo Boechat, o Brasil perde um dos maiores jornalistas da sua história. Sua atuação diária demonstrava sensibilidade em defesa do interesse público e do jornalismo de qualidade. Toda a solidariedade a seus familiares, amigos e colegas da Rede Bandeirantes.”
Marina Silva (Rede-AC), ex-senadora: “É com profunda tristeza que recebi a notícia da morte trágica do jornalista Ricardo Boechat. Boechat fará uma falta enorme ao jornalismo, ainda mais nesse momento do país. Que Deus conforte sua família, amigos e colegas de trabalho nesse momento de perda e dor.”

Onyx Lorenzoni (DEM-RS), deputado federal e Ministro-chefe da Casa Civil: “Meus sentimentos à família e amigos de Ricardo Boechat.”
Rodrigo Maia (DEM-RJ), deputado federal e presidente da Câmara: “Recebo com tristeza a informação sobre a trágica morte do jornalista Ricardo Boechat e outras duas pessoas. Boechat foi um dos grandes comunicadores do nosso país e uma referência de bom jornalismo e independência. Presto minha solidariedade a seus familiares e amigos.”
Romário (Podemos-RJ), senador : “Triste demais com essa notícia da morte de Ricardo Boechat, vítima da queda de um helicóptero que o transportava. Um dos jornalistas mais sérios e competentes e também um dos mais queridos pela população. Meus sentimentos aos familiares do jornalista e do piloto do helicóptero.”
Wilson Witzel (PSC-RJ), governador do Rio de Janeiro: “Lamento profundamente a morte do jornalista Ricardo Boechat. Referência no jornalismo brasileiro, respeitado pela coragem e veemência na denúncia da má gestão pública e privada, Boechat com certeza deixará saudade em tantos ouvintes, telespectadores, leitores e admiradores.”

Personalidades

O apresentador José Luiz Datena reportou o acidente e a morte do colega de emissora. “Ele diria que a vida vale a pena pra caramba, em todos os seus minutos e segundos. Ele sempre usou esse tempo que teve de uma forma honesta.”
e muitos outros lamentaram…

https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2019/02/11/ricardo-boechat-veja-a-repercussao-da-morte-do-jornalista.ghtml
Resultado de imagem para Ricardo Boechat

Danilo Gentili✔@DaniloGentili

Por coincidência sempre entrávamos na maquiagem da Band no mesmo horário. A gente se divertia muito conversando. Ríamos bastante enquanto nos maquiavam.

Tive a alegria de deixar uma das entrevistas mais divertidas que vc verá com ele:
https://youtu.be/_DQ05_MXHlo 

Resultado de imagem para Boechat tem ataque de fúria

Boechat explica ataque de fúria: “Se pisou na bola, o couro come mesmo” – 08/02/2019 – UOL TV e Famosos
Resultado de imagem para Boechat tem ataque de fúria
Resultado de imagem para Boechat tem ataque de fúria

Ricardo Boechat tem ataque de fúria, ao vivo, na Rádio BandNews
Resultado de imagem para Boechat tem ataque de fúria
Resultado de imagem para Ricardo Boechat
Resultado de imagem para Ricardo Boechat
GOOGLE IMAGENS

Read Full Post »

Read Full Post »

VÍDEO VEICULADO EM 05 de FEV 2019

Read Full Post »

Older Posts »