Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 5 de junho de 2018

Resultado de imagem para Mark Rutte

Mark Rutte

🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷🌷

Mark Rutte queria ser pianista, mas as teclas em que hoje toca são as que tentam – com sucesso – impedir uma Holanda em conflito com a Turquia de resvalar para as mãos do populismo.

Na tentativa de resgatar votos do eleitorado seduzido por Geert Wilders, de extrema-direita, Mark Rutte, foi extremando as suas ideias ao longo da campanha. As decisões que tem vindo a tomar e as coisas que disse nos meses que antecederam estas eleições parlamentares são disso prova: em novembro proibiu o uso do véu islâmico que cubra a cara toda em espaços públicos; e escreveu uma carta aberta, em janeiro, onde deixou um recado àqueles que “assediam gays, assobiam às mulheres ou chamam racistas aos holandeses comuns” para “se portarem bem ou irem embora” do país.

Os últimos dias ficaram marcados por uma crise diplomática com a Turquia onde a posição forte que tomou – ao impedir a realização de comícios pró-Erdogan – jogou a seu favor.

Hoje, nas urnas, os holandeses reconheceram-lhe o esforço e, esta quarta-feira, 15 de março, escolheram-no novamente para liderar o governo dos Países Baixos.

Mas, quem é Mark Rutte?

É o primeiro-ministro dos Países Baixos desde 2010. Mark Rutte, 50 anos, líder do partido de centro-direita VVD (Volkspartij voor Vrijheid en Democracie, ou Partido Popular para a Liberdade e Democracia) e procurou esta quarta-feira um terceiro mandato como líder do governo holandês. E as sondagens garantem-lhe a vitória nas eleições, sendo que terá de se coligar para governar. 

Nasceu em Haia, no dia de São Valentim de 1967. Na escola secundária, também em Haia, tinha sonhos grandes, como diz a publicação para jovens holandesa ‘Seven Days’ (página em holandês). Rutte queria ser pianista de concerto e tentou o conservatório. As coisas, porém, não lhe correram como esperado e acabou por mudar de carreira. Entre 1984 e 1992, rumou, então, ao centro do país para estudar História na Universidade de Leiden.

Com os pianos de lado, a liderança política começou ainda nos anos 1980: entre 1988 e 1991, Rutte foi o responsável nacional pela juventude partidária do VVD. Entre 1993 e 1997, foi executivo do VVD.

Depois de terminar os estudos, diz-nos o Currículo Vitae de Rutte, juntou-se à Unilever, “onde trabalhou como gestor de recursos humanos e foi responsável pelo treino da equipa”, pode ler-se.

Cinco anos depois, começou a trabalhar para a maionese. Literalmente: tornou-se gestor de pessoal na Van den Bergh Nederland, ou Calvé, parte da multinacional Unilever, tendo trabalhado numa reorganização. Já no novo milénio, Mark Rutte passou, em 2002, para uma outra subsidiária da Unilever: desta vez foi tempo de rumar ao mundo dos congelados na IGLO Mora Group BV.

CONTINUE A LEITURA INTERESSANTE, CLIC:

https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/quem-e-mark-rutte-queria-ser-pianista-mas-e-a-escolha-dos-holandeses-para-liderar-o-pais-nos-proximos-quatro-anos

Resultado de imagem para Mark Rutte

GOOGLE IMAGENS

Resultado de imagem para Mark Rutte

Resultado de imagem para Mark Rutte

HAHAHA

A EXPRESSÃO FACIAL DELE É MA-RA-VI-LHOOOO-SA!

ESSES HOMENS “DU PUDÊ” COSTUMAM TER CARAS DE PAISAGEM: SEMPRE IGUAIS!

Resultado de imagem para Mark Rutte

Resultado de imagem para Mark Rutte

AO MENOS PARECE SUUUPER ESPONTÂNEO!

Resultado de imagem para Mark Rutte

Read Full Post »

BABE… ASSISTINDO O VÍDEO:

Premiê holandês faz sucesso ao limpar o chão após derrubar café no Parlamento

O primeiro-ministro da Holanda, Mark Rutte, decidiu fugir ao clichê de que políticos deixam muita sujeira para trás.

O líder do Parlamento holandês fez isso de forma literal, após ter derrubado um copo de café com leite que levava ao entrar no edifício para trabalhar.

Rutte pediu emprestado um esfregão à equipe de limpeza e, aos risos, removeu toda a sujeira que derramou no chão.

Apesar do esforço para parecer natural, o premiê precisou de uma aula intensiva relâmpago sobre como utilizar a ferramenta de faxina.

CLIC:

 

http://www.bbc.com/portuguese/internacional-44376558

Resultado de imagem para Mark Rutte
Mark Rutte
Primeiro Ministro dos Paises Baixos
Mark Rutte é um político neerlandês, filiado ao Partido Popular para a Liberdade e Democracia. Ele é desde de 2010 primeiro-ministro dos Países Baixos. Wikipédia
 
Nascimento14 de fevereiro de 1967 (idade 51 anos), Haia, Países Baixos
 
Altura1,95 m
AO DERRUBAR O COPO, A PRIMEIRA COISA QUE ELE DIZ (SABIAMENTE!):
OH… QUE DESPERDÍCIO!
Resultado de imagem para Mark Rutte
FOOOOFOOOOO!!!! QUERO ME CASAR COM ELE… HAHAHA
Resultado de imagem para Mark Rutte
Resultado de imagem para Mark Rutte
DEPOIS DISSO…
ACHO QUE VAI PARAR COM A “MANIA” DE TRANSPORTAR COPOS COM LÍQUIDOS, NÉ?
FOFINHO! HAHAHA ADOREI!!!
Resultado de imagem para Mark Rutte
GOOGLE IMAGENS

Read Full Post »

Patinhos foram adotados por um cachorro na Inglaterra (Foto: BBC)

Patinhos foram adotados por um cachorro na Inglaterra (Foto: BBC)

ASSISTA O VÍDEO… CLIC:

https://g1.globo.com/natureza/noticia/cachorro-adota-filhotes-de-pato-abandonados-na-inglaterra.ghtml

Resultado de imagem para Patinhos foram adotados por um cachorro na Inglaterra (Foto: BBC)

Read Full Post »

WOW!

Direito de imagemARQUIVO PESSOAL Image caption Judy Perkins recebera o prognóstico de que viveria apenas três meses, mas tratamento experimental lhe permitiu não apenas sobrerviver, mas viajar e praticar canoagem (Foto: Arquivo Pessoal)

Direito de imagemARQUIVO PESSOAL Image caption Judy Perkins recebera o prognóstico de que viveria apenas três meses, mas tratamento experimental lhe permitiu não apenas sobrerviver, mas viajar e praticar canoagem (Foto: Arquivo Pessoal)

A vida de uma mulher com câncer de mama em estágio considerado terminal foi salva por um tratamento pioneiro, que consiste na aplicação de 90 bilhões de células imunológicas cujo objetivo é combater o tumor.

Segundo pesquisadores do Instituto Nacional do Câncer, nos EUA, o tratamento ainda é experimental, mas pode ter efeito transformador em todas as terapias de combate ao câncer.

A mulher em questão é a americana Judy Perkins, 49 anos, que havia recebido, dois anos atrás, o prognóstico de que teria apenas três meses de vida restantes. A moradora da Flórida tinha câncer de mama em estágio avançado, que estava se espalhando – já havia tumores do tamanho de uma bola de tênis em seu fígado e em outras partes do corpo – e não havia mais perspectiva com tratamentos convencionais.

Hoje, porém, não há vestígios do câncer em seu corpo, segundo médicos. E Judy tem aproveitado a vida viajando e praticando canoagem.

“Cerca de uma semana depois (do tratamento pioneiro), eu comecei a sentir algo. Eu tinha um tumor no peito e conseguia senti-lo encolher”, diz Judy à BBC. “Uma ou duas semanas depois, ele desapareceu.”

Ela lembra que, ao fazer o primeiro exame após passar pelo tratamento, viu a equipe médica “saltitando de empolgação”.

Foi quando ela soube que teria uma chance de cura.

‘Droga viva’

O tratamento a que Judy foi submetido consiste em uma “droga viva”, feita a partir das próprias células dela, em um dos centros de referência de pesquisa de câncer do mundo.

“É o tratamento mais altamente personalizado que se possa imaginar”, diz à BBC o médico Steven Rosenberg, chefe de cirurgias no Instituto Nacional do Câncer dos EUA.

A terapia ainda dependerá de uma grande quantidade de testes até que possa ser amplamente usada, mas começa da seguinte forma: o tumor do paciente é analisado geneticamente, para que sejam identificadas as raras mutações que podem tornar o câncer visível ao sistema imunológico do corpo – e que podem, portanto, ser formas de combater os tumores.

No caso de Judy, das 62 anormalidades genéticas do seu câncer, apenas quatro eram potencialmente atacáveis pelo sistema imunológico.

Na verdade, o sistema imunológico já está, naturalmente, combatendo os tumores, mas está perdendo as batalhas.

Por isso, o passo seguinte dos pesquisadores é analisar os glóbulos brancos (as células imunológicas do corpo) para extrair as que são capazes de atacar o tumor.

Essas células serão, então, reproduzidas em enormes quantidades em laboratório.

Judy recebeu 90 bilhões de suas próprias células, junto com medicamentos que “retiram os freios” do sistema imunológico.

Com isso, “as mesmas mutações que provocam o câncer acabam se tornando seu calcanhar de Aquiles”, diz Rosenberg.

‘Mudança de paradigma’

Vale lembrar, porém, que os resultados animadores vêm por enquanto desse único caso isolado, e pesquisas em populações maiores serão necessárias para confirmar a validade do tratamento.

O desafio, até agora, na terapia imunológica contra o câncer é que ela às vezes funciona muitíssimo bem em alguns pacientes, mas sem beneficiar a maioria dos doentes.

“(O tratamento) é altamente experimental, e estamos apenas começando a aprender a aplicá-lo, mas potencialmente ele vale para qualquer câncer”, afirma Rosenberg.

“Ainda há muito trabalho a fazer, mas há potencial para uma mudança de paradigma no tratamento de câncer – uma droga sob medida para cada paciente. É muito diferente de qualquer outro tratamento.”

Os detalhes do caso de Judy Perkins foram publicados no periódico “Nature Medicine”.

Para o médico Simon Vincent, diretor de pesquisas da organização Breast Cancer Now, os resultados são “extraordinários”.

“É a primeira oportunidade de ver esse tipo de imunoterapia (agindo) contra o tipo mais comum de câncer de mama”, diz ele.

“Potencialmente, pode-se abrir uma área completamente nova de tratamento para um grande número de pessoas.”

Read Full Post »

Resultado de imagem para flores maravilhosas

Resultado de imagem para flores maravilhosas

Resultado de imagem para flores maravilhosas

FUI! hahaha… vamos nessa que é bom à beça!

Obrigada pelas visitas!

Read Full Post »

A cida mais colorida do mundo: Guatapé, na Colômbia

A cida mais colorida do mundo: Guatapé, na Colômbia

A cida mais colorida do mundo: Guatapé, na Colômbia

A cida mais colorida do mundo: Guatapé, na Colômbia

A cida mais colorida do mundo: Guatapé, na Colômbia

QUANDO AS CORES ESTÃO NOVINHAS… QUE MARAVILHA, NÃO?

A cida mais colorida do mundo: Guatapé, na Colômbia

A cida mais colorida do mundo: Guatapé, na Colômbia

A cida mais colorida do mundo: Guatapé, na Colômbia

A cida mais colorida do mundo: Guatapé, na Colômbia

DIZ SER A MAIS COLORIDA DO MUNDO… 

http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=8317

🌿🌷✨💚💍🐾🌿🌷✨💚💍🐾🌿🌷✨💚💍🐾🌿🌷 🌿🌷✨💚💍🐾🌿🌷✨💚💍🐾🌿🌷✨💚💍

NO CHILE VI UMA COLORIDINHA… RSRS – a linda VALPARAÍSO!

Sete esquinas, onde sete ruas se encontram, no Cerro Concepción, em Valparaíso, no Chile.

Casas coloridas e painéis pintados por jovens moradores nas ruas estreitas do Cerro Concepción, em Valparaíso, no Chile.

Casas no Paseo Atkinson, no Cerro Concepción, em Valparaíso. Região de influência colonial inglesa, frequentada por jovens, turistas e moradores, de onde se tem um mirador para a região portuária de Valparaíso, no Chile.

Valparaíso foi colonizada por espanhóis, mas, por ser referência importante na rota que ligava a Europa à costa do Pacífico, recebeu ingleses, franceses, portugueses, holandeses e até iugoslavos, que deram a denominação para o Cerro Iugoslavo. Antes, na reta final do Concepción, pausa para admirar o cenário do chamado Paseo (Passeio) Atkinson, influência colonial inglesa, inclusive na arquitetura das casas, que inclui  um mirador imperdível para a região portuária, o Pacífico e outros cerros de Valparaíso.

A descida do Concepción guarda um cenário urbano único e leva ao coração do centro histórico, a Plaza Sotomayor, com seus prédios em arquitetura clássica e repartições públicas. Ela desemboca no porto, área aproveitada para a convivência dos moradores aos finais de semana.

Porém, é a pé que se descobre o Cerro Concepción e se mantém contato direto com as casas de Valparaíso. Elas guardam íntima relação com a região portuária que deu origem à cidade. Os moradores compravam as tintas que sobravam dos navios, bem como buscavam placas de antigos contêineres, feitas em zinco, que se transformaram em paredes nas fachadas. Assim, Valparaíso foi se tornando colorida.

Os cerros parecem os morros apinhados de moradias de algumas cidades brasileiras, mas há diferenças visuais evidentes. As cores das casas são apenas uma delas, mas esse colorido também ganha a forma dos inúmeros grafites pintados pelos jovens que moram na região. Aliás, há muitos jovens, que estudam entre Viña del Mar e Valparaíso, e a presença deles nas “calles” estreitas, em convivência com artistas de rua, dá um toque especial ao ambiente. As ruas e as vielas são pontilhadas por restaurantes e cafés modernos, além de galerias de arte e boas hospedagens.

Zona portuária de Valparaíso, observada a partir do mirador do Paseo Atkinson, no Cerro Concepcion.

https://gauchazh.clicrbs.com.br/comportamento/viagem/noticia/2017/09/conheca-a-colorida-valparaiso-na-costa-do-chile-9905298.html

Read Full Post »

menino olhando pela janela do trem

ESSE FOI MEU RESUL:

Você tem uma visão forte e apurada que lhe permite apreciar a beleza do mundo em toda a sua glória, além de prestar atenção aos pequenos detalhes ocultos e absorver informações que os outros deixam passar. Não importa se você usa óculos ou não, porque este resultado nos mostra que você também tem um bom senso de lógica e uma impressionante capacidade analítica – sem nenhuma dessas qualidades, ninguém conseguiria obter uma pontuação tão alta. Muito bem!

CLIC E FAÇA TAMBÉM:

http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=11772

Read Full Post »

Older Posts »