Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 5 de março de 2017

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

COMO SERIA CAMINHAR POR ESSAS TRILHAS?

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

NÃO COLOCO O NOME DOS LOCAIS

PARA QUE VOCÊ SE SINTA AINDA MAIS LEVE E LIVRE… PARA SONHAR… RSRSRS

Mary

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

QUER SABER ONDE FICAM?

http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=8959

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

28 caminhos pela floresta que mais parecem conto de fadas

*

PRONTO!

BOA NOITE & FELIZ SEMANA!

FUI…

rsrsrsrs

Resultado de imagem para mulher

Mary

*

Google Imagens

Resultado de imagem para mulher idosa

Anúncios

Read Full Post »

Ficou muito bom…

Casarão da Avenida Paulista aparece repleto de cores

(Foto: Reprodução/Instagram do artista Arlin Cristiano)

*

O casarão localizado na esquina da Avenida Paulista com a Alameda Ministro Rocha Azevedo, que se tornou um ponto de atrações em Natais passados em razão da decoração que recebe, foi pintado agora com diferentes cores.

A decoração, feita pelo artista Arlin Cristiano nos últimos dias, seria parte de uma iniciativa envolvendo uma fabricante de material esportivo.

O casarão do número 1.811 da Avenida Paulista foi construído no século 19 em estilo suíço. O local tem um dos aluguéis mais caros da cidade e abrigou nos últimos anos uma agência bancária.

*

http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/casarao-historico-da-av-paulista-e-pintado-com-diferentes-cores.ghtml

*

Read Full Post »

WOLVERINE… rsrsrs

Resultado de imagem para wolverine

Resultado de imagem para wolverine

ESTE É O “DE VERDADE”

Resultado de imagem para wolverine

*

Advogado de São José faz sucesso como sócia de ator de Wolverine  (Foto: Arquivo Pessoal/Luiz Henrique Dias)

ESTE É O “NOSSO”… kkk

*

Advogado de São José faz sucesso como sósia de ator de Wolverine

(Foto: Arquivo Pessoal/Luiz Henrique Dias)

*

Um advogado de São José dos Campos (SP) está fazendo sucesso como sósia do ator australiano Hugh Jackman, conhecido pelo papel de Wolverine no cinema. Para ser reconhecido, Luiz Henrique Medeiros, de 42 anos, aposta em um corte de cabelo e na barba parecidas com o do personagem.

De acordo com o advogado, a vida de sósia do mutante começou em uma brincadeira em 2014, quando ele não tinha fantasia para ir á uma festa e os amigos sugeriram para ele deixar a barba semelhante do ator de Wolverine, porque assim ele nem precisaria de fantasia.

Luiz Henrique Medeiros aposta em corte de cabelo parecido, malhação e até em garras (Foto: Arquivo Pessoal/Luiz Henrique Dias)
Luiz Henrique Medeiros aposta em corte de cabelo
parecido e em manter a barba
(Foto: Arquivo Pessoal/Luiz Henrique Dias)

“Como eu não tinha uma fantasia mesmo, comprei uma camiseta branca, peguei as garras de um amigo que faz cosplay e coloquei uma calça jeans. Naquela festa tirei umas 500 fotos, todo mundo me achou muito parecido”, relembrou.

Então, surgiu a vontade de ficar cada vez mais parecido com o ator e, por isso, ele começou a malhar, em busca de um porte atlético. “Decidi fazer disso um hobby: assim como tem gente que gosta de surfar, eu gosto de ser sósia do Logan. E tudo isso traz benefícios para a minha saúde, eu estava com 98 quilos e agora estou com 83. Isso só veio para ajudar a minha vida”, concluiu.

Com fotos imitando o ator da franquia X-Men na internet, uma agência de modelos da cidade se interessou e o agênciou.

Ele disse que depois disso foi contratado para trabalhos, sendo que é selecionado principalmente por parecer com o ator. “Já fui pra desfile, evento de cosplay, festa de criança, fiz fotos”, completou.

Luiz Henrique conta que os amigos só o chamam de ‘Logan’ – nome do personagem antes de passar pelo experimento que o transformou no Wolverine – e que, com a estreia do filme no Brasil na última quinta-feira (2), a visibilidade tem aumentado ainda mais.

“Onde eu vou vejo que as pessoas estão comentando, mas só depois de algum tempo que elas falam comigo e até pedem para tirar foto. Eu jamais esperava tudo isso porque sou muito tímido e aconteceu de forma espontanêa. Estou fazendo minha parte, se algo maior aparecer, estarei pronto. A vida tem muitas surpresas”, finalizou o advogado.

*

http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2017/03/advogado-de-sao-jose-faz-sucesso-como-socia-de-ator-de-wolverine.html

*

MAIS UM:

Costa Segundo - Wolverine de Pinda (Foto: Arquivo pessoal/ Divulgação)

Costa Segundo disputou cargo de vereador como ‘Wolverine de Pinda’ no ano passado, mas assegura que não vai repetir a experiência. (Foto: José Fernandes/Arquivo Pessoal)

*

Professor adota ‘estilo Wolverine’ e vira atração nas ruas de Pinda, SP

José Costa Segundo se veste como o herói dos quadrinhos há três anos.

Em sala de aula ele encara as brincadeiras: ‘fica até mais fácil ensinar’, diz.

 

Fábio FrançaDo G1 Vale do Paraíba e Região

Costa Segundo disputou cargo de vereador como ‘Wolverine de Pinda’ no ano passado, mas assegura que não vai repetir a experiência. (Foto: José Fernandes/Arquivo Pessoal)

A camisa de flanela, a jaqueta de couro, o gel nos cabelos e a barba por fazer, milimetricamente desenhada pelos lados do rosto, assim como a de James Logan – o Wolverine -, podem fazer com que os desavisados pensem que Pindamonhangaba (SP) está sediando uma convenção de fãs do herói dos quadrinhos.

A descrição acima não é de um participante de um evento de cosplay, mas do professor José Fernandes Costa Segundo, de 37 anos, que ficou conhecido na cidade como ‘Wolverine de Pinda’ por adotar o visual do herói para seu dia a dia.  Há cerca de três anos com o estilo popularizado pelo ator Hugh Jackman – que interpretou o personagem no cinema -, ele explica que a associação nas ruas é imediata.

Costa Segundo Wolverine de Pinda (Foto: Arquivo pessoal/ Divulgação)
Assim como o herói, Costa também foi militar e
morou no Japão e aprendeu o idioma.

(Foto: José Fernandes/Arquivo Pessoal)

“Estive num shopping para comprar uma capa para o meu celular e quando a vendedora me viu deu um pulo e disse que eu era a cara do Wolverine. Às vezes em churrasco, por exemplo, tem pessoas que passam perto de mim umas quatro vezes, antes de vir pedir para tirar foto”, conta ele, rindo.

A aparência propositalmente baseada no herói é complementada por garras de metal feitas sob medida para que pareçam como as de Wolverine na telona. “Conheci um cara que fabrica garras do Rio Grande do Sul. Ele enviou uma réplica, gostei e comprei cinco, sendo que duas delas são de madeira”.

Professor na unidade do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) da cidade, ele conta que o visual até ajuda a descontrair as aulas. “Às vezes alguém chama de Wolverine, aí eu entro na brincadeira e fica até mais fácil de ensinar”.

Coincidências
Assim como o herói canadense, Costa também foi militar. E o incentivo veio com outro protagonista da ficção. “Aos 17 anos estava assistindo um filme do Clint Eastwood e decidi que queria ser militar”, explica ele, que se tornou fuzileiro naval por três anos no Rio de Janeiro.

Costa Segundo Wolverine de Pinda (Foto: Arquivo pessoal/ Divulgação)
Pedidos de fotos pelas ruas fazem parte da rotina
do ‘Wolverine’.
(Foto: Arquivo pessoal/ Divulgação)

E se nos quadrinhos e no filme mais recente, “Wolverine Imortal”, Logan vai até o Japão, na vida real Costa também já teve sua passagem por lá. “Em 1997 tentei recomeçar a vida por lá. No Japão achavam que eu era americano porque eles têm uma imagem diferente do brasileiro que não tem ascendência. Em dois anos aprendi bem o idioma e lá se dá muito valor a isso”.

Com uma breve passagem pela política – foi candidato a vereador como o ‘Wolverine de Pinda’, pelo PSL, mas não foi eleito -, Costa Segundo explica que não tem planos de voltar à disputa de um cargo público. “Tinha muita gente travando uma briga de foice, enquanto eu não queria entrar na eleição dessa forma. Mas como o Wolverine, fiz alegria de muitas crianças por aí. Essa foi a parte bacana da eleição”.

*

http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2013/11/professor-adota-estilo-wolverine-e-vira-atracao-nas-ruas-de-pinda-sp.html

*

ÉPAKABÁ!

Read Full Post »

Homem com deficiência é abandonado pela família após mãe morrer e recebido em abrigo para pessoas de rua, em Ribeirão Preto (Foto: Valdinei Malaguti/EPTV)

Homem com deficiência é abandonado pela família após mãe morrer e recebido em abrigo para pessoas de rua, em Ribeirão Preto (Foto: Valdinei Malaguti/EPTV)

*

O drama do homem que perdeu a mãe aos 32 anos e que passou a viver em um abrigo para moradores de rua após ser rejeitado por familiares, em Ribeirão Preto (SP), abriu uma discussão sobre o futuro de pessoas deficientes na ausência dos responsáveis. Por causa da deficiência intelectual e do diagnóstico de epilepsia, o rapaz precisa de cuidados especiais já que estando vulnerável, não tem condições de se manter sozinho.

Sensibilizadas, mães de estudantes da APAE demostram preocupação. “É uma situação muito difícil para nós que temos filhos especiais. Se nós faltarmos, com quem vão ficar nossos filhos? Quem vai cuidar?”, questiona a dona de casa Gláucia de Fátima Souza Alves, mãe de uma menina com deficiência.

De acordo com a promotora Ana Carla Froes Tosta, que acompanha o caso do jovem, é importante que as famílias busquem o Ministério Público (MP) e os órgãos de assistência social para estudar as condições e planejar o acolhimento por parentes ou instituições de saúde. No entanto, o ideal é que o planejamento seja feito com antecedência para evitar que o dependente fique desamparado.

“É possível deixar um testamento especificando quem vai se responsabilizar por quem em caso de morte. Se não puder ser alguém da família, seria um terceiro que geralmente é o representante de uma entidade para ter a curatela dele. Então, precisa pesquisar um local que aceite o perfil da pessoa”, explica.

Ana Carla é responsável pelo caso do rapaz que foi deixado por um tio na Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), em 27 de janeiro, mesmo dia em a mãe morreu de câncer. Na época, o familiar alegou não ter condições de assumir os cuidados do rapaz por causa da idade avançada.

Rejeitado pela família e sem condições de morar sozinho, a APAE acionou o MP, que moveu uma ação civil pública para que o Estado e o município pudessem fornecer moradia, assistência, pessoais, alimentação, tratamento médico, medicamento e transporte ao rapaz.

Devido à dificuldade de encontrar uma entidade inclusiva que atenda o perfil dele, a Secretaria Municipal de Assistência Social o colocou temporariamente em um abrigo para pessoas de rua, a antiga Cetrem. Entretanto, a unidade não possui equipe capacitada para atender as necessidades dele.

Um relatório médico aponta que ele tem epilepsia, retardo mental moderado, distúrbio de fala, e é totalmente vulnerável.

Planejamento
De acordo com a promotora, o rapaz morava apenas com a mãe. Mas, ela precisou ser internada em dezembro do ano passado ao ser diagnosticada com câncer, e um cunhado dela o acolheu temporariamente em casa.

Segundo Ana Carla, o homem não tinha condições físicas e psicológicas de assumir o compromisso e levou o sobrinho à APAE no dia em que a mãe faleceu. Sem um representante legal, o MP tentou acionar o irmão, que informou apenas que não tinha condições de recebê-lo.

*

Gláucia de Fátima Souza Alves se pergunta o destino de sua filha com deficiência caso um dia a mãe não possa mais cuidar (Foto: Valdinei Malaguti/EPTV)

Gláucia Souza Alves demonstra preocupação com o futuro da filha deficiente

(Foto: Valdinei Malaguti/EPTV)

*

LEIA A MATÉRIA COMPLETA.

É DE CORTAR O CORAÇÃO.

http://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/noticia/2017/03/drama-de-deficiente-orfao-abre-debate-sobre-responsabilidade-por-cuidados.html

*

Read Full Post »

 (Foto: Rodrigo Gorosito/G1)

*

Read Full Post »

¯ 🍃🌸🍃 •*´¯🍃🌸🍃.`•.¸.•🍃🌸🍃‿.•*´¯ 🍃🌸🍃 •*´¯🍃🌸🍃.`•.¸.•🍃🌸🍃‿.•*´¯ 🍃🌸🍃 •*´¯🍃🌸🍃.`•.¸.•

Read Full Post »

*

A imagem pode conter: flor

*

*

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, planta, flor e texto

*

 

*

*

Flores e rosas soltas no ar – Face

Read Full Post »

Older Posts »