Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 27 de julho de 2012

*

Veja que idéia bacana para fazer  porta-velas com casca de laranja,

para iluminar e

decorar a mesa em jantar especial.

Sugestão original e criativa que recicla a casca de laranja

que iria para o lixo,

deixando um surpreendente efeito na decoração da mesa.

*

*

Publicado por Krika

(cacareco.net/2012/01/21/vela-na-casca-da-laranja-para-decorar)

Read Full Post »

O modelo Motomachine da Gurgel produzido com
várias cores

Depoimento de quem tem um Gurgel:

A linha Gurgel também investiu nos carros fora-de-estrada. Sabrina Saito dirige pelas ruas de Campinas um modelo X-12, ano 1976, que está na família desde que saiu da concessionária.

“Minha família tem um sítio em Itanhaém, no litoral paulista, e nenhum carro com tração quatro por quatro chegava até lá. Somente o Gurgel”, conta Sabrina, que está reformando o carro, que deixou de ser branco e foi pintado de vermelha, a cor predileta da herdeira do X-12. O carro é “pau para toda obra”. “Passo pelos buracos das ruas, mando ver. Agora, estou planejando uma viagem por alguns estados, porque ele é muito forte”, completa.

(Foto: Divulgação/Gurgel Campinas)

********************************************************************************

Ricardo Gurgel, sobrinho do fundador da Gurgel, lembra que a marca também apostou nos carros elétricos, uma realidade presente na indústria automobilística atual. “Esse reconhecimento do Gurgel hoje é bem legal. O que ele fez não foi em vão. Ele era um homem à frente do seu tempo”, comenta o sobrinho, proprietário de um BR-800, de um Motomachine e de um Xef.

*

*

“Nós somos muito assediados. É tipo assim, o cara já chega perguntando se você vende carro. Quando trafego pelas rodovias Anhanguera e Bandeirantes, os motoristas de caminhões buzinam e me perguntam por que o carro anda tanto”, afirma um dos fundadores do Clube Gurgel Campinas João Domingues da Fonseca Filho, o Tatá, proprietário de um BR-800, carro de dois cilindros que é menor do que um Ford K, mas que chama a atenção por onde passa.

“Quando paro perto de uma van escolar, a criançada fica louca porque ele parece de brinquedo”, conta o gráfico André Fontes Seixas, também proprietário de um BR-800. O carro chama mesmo a atenção por onde passa. Em uma volta rápida pelas ruas do Jardim Eulina, em Campinas, duas mulheres interromperam a caminhada para ver o BR-800 passando.

O BR-800 de Seixas foi exposto até da Bienal de Design, em Curitiba (PR). “O Gurgel fez o carro certo no país errado”, lamenta o gráfico. Hoje rodam pelas ruas do País carros pequenos e importados, um conceito que Gurgel não conseguiu implantar com tanto sucesso no Brasil nas décadas de 1980 e 1990.

****************************************************************

A montadora Gurgel, em Rio Claro (SP), fechou as portas em 1994, mas os carros da marca genuinamente brasileira, fruto do sonho do empresário João Augusto Conrado do Amaral Gurgel rodam firmes e fortes pelas ruas, estradas e trilhas do Brasil. E os modelos ganham cada vez mais assédio de novos fãs e o reconhecimento em um país onde carros importados ocupam cada vez mais espaço nas ruas. Como uma amostra da importância, os automóveis Gurgel serão os homenageados do encontro de carros antigos no domingo (29), organizado pelo V8&Cia, no Galleria Shopping, em Campinas (SP).

*

Luciano Calafiori Do G1 Campinas e Região

27/07/2012 10h29 – Atualizado em 27/07/2012 11h06

Read Full Post »

*

Loja sai de dentro de caixa colorida (Foto: Djan Chu)

Quem iria imaginar que essa imensa caixa colorida se transformaria em uma loja?

O espaço com design sustentável da marca The Gourmet Tea fica no shopping Cidade Jardim, em São Paulo.

Quando a caixa é aberta, painéis deslizam revelando o balcão, estantes e o mostruário.

*

*

Com a escalada do preço dos aluguéis, já se tem notícia de designers que passaram a morar em apartamentos

de 45 metros quadrados na cidade de São Paulo. Com essa ideia na cabeça, os arquitetos brasileiros Alan Chu e Kato Cristiano desenvolveram

a loja que se fecha em uma caixa colorida de madeira de 25 metros quadrados.

Aderir a um novo estilo de vida sustentável pode ser o melhor para qualquer um se levado em consideração

que morar em lugares menores consome menos energia para iluminação, climatização e ainda diminui o acúmulo de pertences, muitas vezes inúteis.

*

(Por Mariana Montenegro, do Greenvana

 Yahoo! Notícias – 15 horas atrás)

Read Full Post »