Feeds:
Posts
Comentários

Anúncios

O que leva pessoas a isso? …

Resultado de imagem para Mikel Ruffinelli, mas conhecida como Diva

Resultado de imagem para Mikel Ruffinelli, mas conhecida como Diva

Resultado de imagem para Mikel Ruffinelli, mas conhecida como Diva

Resultado de imagem para Mikel Ruffinelli, mas conhecida como Diva

Resultado de imagem para Mikel Ruffinelli, mas conhecida como Diva

Ela tem uma obsessão: 

ganhar a coroa de maior bumbum do planeta. O título é ostentado pela americana Mikel Ruffinelli, mas conhecida como Diva, que tem circunferência glútea de 2,5 metros! A sueca de 36 anos já chegou a 2 metros e, graças a uma dieta supercalórica, está se dedicando a quebrar o recorde.

Resultado de imagem para Natasha Crown

Nascida em Estocolmo, Natasha Crown, que garante que as nádegas são “naturais”, falou com exclusividade à coluna. Apesar de amar o que vê no espelho, ela sente falta dos tempos em que o bumbum era bem discreto e não tinha “vida própria”. Mas é um caminho sem volta.

https://extra.globo.com/noticias/page-not-found/sueca-com-bumbum-de-2-metros-diz-sentir-falta-dos-antigos-gluteos-22992670.html

Resultado de imagem para Natasha Crown

Resultado de imagem para Natasha Crown

Resultado de imagem para Natasha Crown

Resultado de imagem para Natasha Crown

Resultado de imagem para Natasha Crown

Resultado de imagem para Natasha Crown

Resultado de imagem para Natasha Crown

Resultado de imagem para Natasha Crown

Pixiee Fox 

Resultado de imagem para Pixee Fox

Resultado de imagem para Pixee Fox

Resultado de imagem para Pixee Fox

Resultado de imagem para Pixee Fox

Pixee Fox: A moça que anda fazendo loucuras para parecer um cartoon e ter fama por isso

A moda das bonecas humanas já acabou, não vejo mais ninguém conseguindo fama através disso… Até que apareceu uma moça chocando por querer ser uma cartoon humana…

Cartoon… Humana…

Bem, a moça é conhecida por seu nome artístico, Pixee Fox, ela se agarrou em ser a versão humana da Jessica Rabbit e sente um orgulho enorme de ser conhecida por suas inúmeras plásticas que ainda não tem um fim, e esse fim parece estar longe, pois ela ainda não está satisfeita, e nessa busca pela satisfação ela fez umas coisas bem arriscadas

Nessa época ela diz que se sentia mal com sua aparência, principalmente com seu nariz (serio!? O que há de errado no nariz dela). Com o salário que ela tinha como eletricista ela conseguiu pagar a primeira cirurgia, que foi no nariz, desde então começou uma longa caminhada numa obsessão por fama e parecer com algo surreal.

Poucas plásticas foram pagas por ela, a maioria foram pagar por fãs e patrocínios, basicamente ela se tornou um show de horrores na qual as pessoas estão pagando para ver até aonde chega, mesmo sem freio, melhor ainda sem freio. Em suas redes sociais ela posta cada cirurgia, e cada resultado cada vez mais exagerado, atraindo mais gente afim de ver ela se mutilando por motivos claramente não sólidos.

As duas piores cirurgias na qual tem um grande risco foram nas costelas, ela tirou 6 costelas, deixando seu corpo sem proteção, agora ela precisa dos espartilhos para proteger os órgãos, na qual ela usa também para afinar a cintura, e que ela usa também para bater o recorde de cintura mais fina do mundo, que é 32 centímetros de circunferência, umas das donas desse recorde não chegou a tirar as costelas, mas Pixee fez…

A segunda pior arriscada foi nos olhos, ela mudou a cor dos olhos para ficar com a cor parecido com a da fada Sininho. Cirurgias de mudança de cor de olho é uma armadilha, nenhum médico recomenda, e todo mundo que faz no mínimo desenvolve uma severa catarata, para não dizer que a consequência certa disso é ficar cego. Um monte de gente quer mudar a cor dos olhos, eu por exemplo gostaria de vermelho (para parecer um elfo-demônio, eu também tenho sonhos surreais, hehhe, me julgue, eu apenas não arrisco porque sei que é babaquisse), mas as pessoas não fazem porque os médicos deixam ciente que você pode até conquistar um olho colorido, mas o olho vai servir apenas como enfeite mesmo, porque para enxergar…

LEIA BEM MAIS, BLOG MUITO LEGAL, CLIC:

http://www.cecyaguilera.com/2017/03/pixee-fox-moca-que-anda-fazendo.html

Resultado de imagem para Natasha Crown

Mas… a gente não para de encontrar formatos estranhos de corpor mexidos… meu Deus… essas pessoas não pensam em SAÚDE? nem em IDADE? nusssss… assustador! Estragam a beleza natural e… af…

Resultado de imagem para Natasha Crown

Resultado de imagem para Natasha Crown

Resultado de imagem para Natasha Crown

Resultado de imagem para Natasha Crown

Resultado de imagem para Natasha Crown

“Lo primero que hago cuando me levanto es mirarme al espejo y ver mi trasero. No sé si tengo dismorfia o algo, pero no siento que mi trasero sea tan grande”.

Resultado de imagem para Natasha Crown

Resultado de imagem para Natasha Crown

Resultado de imagem para Natasha Crown

GOOGLE IMAGENS

 

 

Resultado de imagem para MAGUILA

José Adilson Rodrigues dos Santos estava debilitado, alimentava-se por meio de uma sonda e mostrava agressividade irracional, bem diferente daquela que exibia no ringue. Seu estado era terminal.

Resultado de imagem para MAGUILA

MAGUILA

Maguila sofre há anos de encefalopatia traumática crônica (ETC), doença gerada pelas incontáveis pancadas que levou na cabeça em seus 60 anos de vida – completados no dia 12 de junho. O mal lhe acarreta severas dificuldades motoras e distúrbios de memória. Antes também conhecida como demência pugilística, a ETC é uma enfermidade neurodegenerativa evolutiva e incurável.

Seu oponente é muito mais encardido que qualquer outro peso-pesado que já encarou. E por isso surpreende como, de fato, Maguila tem domado o avanço da doença desde que entrou na clínica. Com a fala ligeiramente arrastada, mas segura, contou que considera o local “sua casa”.

LEIA E VEJA O VÍDEO, CLIC:

https://globoesporte.globo.com/boxe/noticia/maguila-conta-rotina-em-clinica-e-diz-que-deu-ko-em-doenca-vou-viver-100-anos.ghtml

Resultado de imagem para MAGUILA

Resultado de imagem para MAGUILA

Maguila e a repórter Lívia Laranjeira durante entrevista para o Esporte Espetacular

(Foto: Globo)

De areia: GUAXUMA

Exibido na noite de sábado (18), no Palácio dos Festivais, o curta “Guaxuma” arrancou risos, aplausos e emocionou o público que acompanha o 46º Festival de Cinema de Gramado. Um dos 14 competidores pelo Kikito de melhor curta nacional, o filme de 14 minutos conta a história de duas amigas de infância que são abaladas por uma tragédia, com um visual que é tão belo quanto inusitado: “Guaxuma” é uma animação feita de areia.

Guaxuma é uma praia de Alagoas, onde a diretora Nara Normande passou a infância. Daí surgiu a ideia de trabalhar com a areia e contar a sua história de criança no filme. “Eu sempre tive esse sentimento de falar sobre o lugar onde nasci, essa nostalgia”, conta.

Filme conta história melancólica de duas meninas que crescem juntas em uma praia alagoana (Foto: Reprodução )

Filme conta história melancólica de duas meninas que crescem juntas em uma praia alagoana

(Foto: Reprodução )

 

Para conseguir levar a produção às telas, Nara buscou apoio na França, onde encontrou animadores que já haviam trabalhado com filmes em animação formados por areia. As cenas de “Guaxuma” foram gravadas na própria praia, e também em Recife, Paris e no litoral português.

Foram dois anos e oito meses de produção. “É muito tempo”, reconhece a cineasta, já premiada em uma mostra paralela de Cannes, com o curta “Sem coração”.

As cenas gravadas em stop motion (técnica que emprega bonecos para criar movimentos), por exemplo, levavam um dia para conseguir somente um take. Já os animadores que trabalhavam com os desenhos de areia, em uma base de vidro, conseguiam fazer cinco desenhos por dia.

Mas o esforço teve bons resultados, acredita Nara. “Guaxuma” ganhou o prêmio Canal Brasil, do Festival Animamundi, e vai para o Festival de Cinema de Brasília, depois de Gramado. Deve entrar em exibição no canal no ano que vem, e ser disponibilizado na internet após aparecer nos festivais.

Além de “Guaxuma”, o curta “Um filme abaixo do orçamento” também já foi exibido no festival. Considerado uma comédia metalinguística, pois fala sobre a própria produção de um filme, a produção conta a história de um instituto de ciências que está perdendo o seu financiamento e seus integrantes decidem fazer um filme para tentar salvar a organização.

Neste domingo (19), são exibidos “Plantae” e “Majur” na mostra competitiva. Confira a lista completa de concorrentes abaixo. A premiação ocorre na cerimônia final, no próximo sábado (25), com transmissão ao vivo do G1.

Curtas nacionais

  • “À Tona” (DF), de Daniella Cronemberger
  • “Apenas o Que Você Precisa Saber Sobre Mim” (SC), de Maria Augusta V. Nunes
  • “Aquarela” (MA), de Thiago Kistenmacker e Al Danuzio
  • “Catadora de Gente” (RS), de Mirela Kruel
  • “Estamos Todos Aqui” (SP), de Chico Santos e Rafael Mellim
  • “Um Filme de Baixo Orçamento” (SP), de Paulo Leierer
  • “Guaxuma” (PE), de Nara Normande
  • “Kairo” (SP), de Fabio Rodrigo
  • “Majur” (MT), de Rafael Irineu
  • “Minha Mãe, Minha Filha” (ES), de Alexandre Estevanato
  • “Nova Iorque” (PE), de Leo Tabosa
  • “Plantae” (RJ), de Guilherme Gehr
  • “A Retirada Para Um Coração Bruto” (MG), de Marco Antonio Pereira
  • “Torre” (SP), de Nádia Mangolini

https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/festival-de-cinema-de-gramado/2018/noticia/2018/08/19/animacao-em-areia-guaxuma-concorre-ao-kikito-de-melhor-curta-nacional-em-gramado.ghtml

Resultado de imagem para praia de guaxuma

Praia de Guaxuma

Resultado de imagem para praia de guaxuma

Espero que o curta tenha bom conteúdo, interessante, respeitoso culturalmente, conforme o bom povo brasileiro.

Resultado de imagem para praia de guaxuma

Resultado de imagem para praia de guaxuma

Resultado de imagem para praia de guaxuma

GUAXUMA – MACEIÓ – AL – BRASIL

Reflexão: altos e baixos, gordos e magros, cegos e mudos, pessoas com uma ou mais características ou capacidades diferentes, homens e mulheres, todos somos diferentes uns dos outros. Entretanto, não podemos deixar nossas diferenças impedirem de termos uma convivência harmoniosa. O que falta a um, certamente pode ser completado por outro. Ajudando ao próximo, você terá ajuda num momento de aflição, como está escrito “Em todo o tempo ama o amigo e para a hora da angústia nasce o irmão.” (PV 17:17). Ajudar ao próximo, independentemente das diferenças, é a atitude que fará do nosso mundo um lugar melhor.

conto para reflexão

Dois andarilhos viviam em uma floresta perto da cidade. Um era cego e o outro manco. Durante o dia inteiro na cidade eles competiam um com o outro para conseguir mais moedas, mais atenção e mais compaixão das pessoas. Eles sequer se falavam.

Mas uma noite suas cabanas pegaram fogo durante um terrível incêndio na floresta. O cego até poderia escapar, mas não conseguia ver para onde correr, e nem saber para onde o fogo ainda não havia se espalhado.

Já o coxo podia ver que ainda havia uma chance de escapar, mas não podia correr, porque o fogo estava muito rápido, então tudo o que podia ver com certeza era que a hora da morte se aproximava.

Os dois perceberam que precisavam um do outro. O coxo teve uma súbita clareza: “O homem cego, pode correr e eu posso ver”. Neste momento, eles esqueceram toda a sua competitividade.

Então foi justamente nesta hora terrível em que ambos enfrentaram a morte, eles esqueceram toda a inimizade estúpida e criaram uma grande união, e mutuamente concordaram que o cego carregaria o homem coxo em seus ombros e o coxo seria o guia para dizer a direção da fuga, já que coxo podia ver e o cego podia correr.

conto para reflexão

E assim eles salvaram suas vidas. E porque causa disso, se tornaram amigos e abandonaram suas diferenças. 

http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=12201

Ige, aff…

padre e rabino

Certo dia, suas agendas coincidiram e, como eram amigos, o padre e o rabino decidiram entrar juntos numa concessionária para comprar um carro.

Após a compra, levaram o automóvel para casa e estacionaram na rua entre a igreja e a sinagoga.

Poucos minutos depois, o rabino olhou para fora e viu o padre jogando água no carro novo.

Sabendo que o carro não precisava de lavagem, o rabino saiu apressado e perguntou ao padre o que ele estava fazendo.

“Estou abençoando”, respondeu o padre.

O rabino considerou isso por um momento, depois voltou para dentro da sinagoga.

Minutos depois, ele reapareceu com uma serra nas mãos.

“E o que você pretende fazer com isso?”, perguntou o padre.

“Decidi que quero abençoar o carro também”, respondeu o rabino.

Ele prontamente foi até a parte de trás do carro e serrou dois centímetros do tubo de escape.

http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=12202

Caso não tenha entendido… acho difícil, mas… aqui vai:

circuncisão
substantivo feminino
  1. 1.
    MEDICINA
    retirada cirúrgica do prepúcio, praticada por razões higiênicas e/ou religiosas; peritomia, postectomia, postetomia.
  2. 2.
    RELIGIÃOpor metonímia
    cerimônia em que se pratica tal ato ritualmente como sinal de inclusão na comunidade judaica.